Literatura com temática LGBT e Dia de Combate à LGBTfobia.





Errata: No vídeo, quando falo de Adolfo Caminha, digo que ele chegou a se exilar no exterior. Foi um engano meu. Na verdade, ele saiu do Ceará, sua terra-natal, para o Rio de Janeiro, onde continuou escrevendo, apesar do silêncio da crítica e de ameaças por parte de moralistas. Mais informações sobre Adolfo Caminha, esse gênio do naturalismo brasileiro, aqui: https://www.opovo.com.br/jornal/dom/2017/05/adolfo-caminha-150-anos-do-escritor-polemico.html


O dia 17 de maio marca a luta contra a homofobia, lesbofobia, bifobia e transfobia. Isso se dá porque foi nesse dia que a OMS retirou a homossexualidade do seu código internacional de doenças. Esse vídeo foi feito em formado de 'live' dentro do Grupo de Literatura LGBT, administrado por Sergio Viula no Facebook. O objetivo foi falar sobre Literatura LGBT como ferramenta de resistência. Assista e descubra um mundo gigantesco de possibilidades.

Algumas editoras voltadas para a Literatura LGBT que você deveria conhecer:


Bons Livros Editora Digital (antiga Editora Orgástica): 

Editora Vira Letra (Literatura Lésbica): 


GPH: Grupos de Pais de Homossexuais: http://www.gph.org.br/publica.asp


Se você fizer uma busca com a sigla LGBT em qualquer livraria virtual famosa, você encontra o seguinte: 








Comentários