Um jovem trans está processando seus pais por lhe negarem intervenção médica

Por Sergio Viula
Com informações Josh Milton
Para o Pink News


Um jovem trans está processando seus pais por lhe negarem intervenção médica


Um garoto transgênero de Ohio, EUA, está processando seu pais por não permitirem que ele tenha acesso à intervenção médica. Em vez disso, os pais do garoto de 16 anos estão lhe oferecendo "terapia cristã" como alternativa. 

Depois que sua mãe lhe disse que se matasse, o garoto, cujo nome não foi revelado, enviou uma mensagem por e-mail para uma ONG no ano passado, como informa a queixa judicial que deu origem ao processo na justiça.

Os pais não deixavam o garoto se vestir com roupas consideradas masculinas e nem receber apoio para a transição. Ele também acusa os pais de obrigarem-no a ler passagens da Bíblia por mais de seis horas seguidas.

Assistentes sociais de Ohio estão apoiando o garoto, pedindo que ele receba tratamento num hospital em vez da assim chamada "cura gay".

A queixa foi registrada no Hamilton County Juvenile Court, com uma audiência marcada para terça-feira passada. 

Não deixe de ler EM BUSCA DE MIM MESMO, a trajetória de um homem que sobreviveu à homofobia, "cura gay" e ao fundamentalismo religioso. Um brinde à liberdade e à felicidade.

Comentários