Acampamento de Jesus: A lavagem cerebral feita por evangélicos fundamentalistas em crianças e pré-adolescentes


Culpa, medo e ódio sendo utilizados para manipular crianças tão jovens quanto cinco anos de idade e pré-adolescentes com seu 11 ou 12 anos.



ASSISTA O DOCUMENTÁRIO ABAIXO:




Documentário completo e legendado





Fanatismo religioso e fascismo andam juntos muitas vezes, não importando de que deus se valham. 

Agora mesmo, em vários templos espalhados pelo Brasil, existe alguém trabalhando na lógica do nós-de-deus versus eles-de-satanás. A dialética é a mesma, só mudam os deuses, os livros, os ritos. O acesso às armas é meramente circunstancial. Os discursos são construídos de maneira muito semelhante. Dizer que "nem todo cristão é assim" continua na mesma lógica do "nem todo muçulmano é assim".

Sem qualquer exagero, a retórica a que crianças são expostas em ambientes fundamentalistas é perigosíssima para a saúde mental delas, comprometendo gravemente sua capacidade de se socializar tranquilamente com pessoas de outros círculos, criando barreiras à absorção de conhecimentos importantíssimos para suas carreiras. Talvez não seja só por uma questão financeira que a maioria esmagadora dos jovens americanos esteja fora das universidades atualmente. Observe tudo isso no documentário acima.

Na verdade, como você poderá ver nesse filme-denúncia, alguns pais estão "educando" as crianças em casa para que elas não tenham contato com conhecimentos científicos que possam colocar em xeque alguma crença dogmática de suas igrejas. O nome disso é "homeschooling" e o material que eles usam é produzido por "criacionistas", que vendem religião disfarçada de linguagem científica, quando livros escolares deveriam tratar de ciência, não de pregação fundamentalista. 

Coisas como dizer que homens e dinossauros andaram juntos sobre a Terra antes que um suposto dilúvio mundial destruísse a todos, menos uma família - a de Noé - nada tem a ver com ciência, e não pode substituir o ensino científico. Além disso, esse tipo de deturpação da educação escolar em casa só deixa essas crianças em desvantagem em relação a outras que frequentam as escolas e que ingressarão nas universidades no futuro. 

O que esses fanáticos estão fazendo é criar e recrutar crianças dispostas a morrerem por causa de um crença que, no final das contas, não é mais detentora de qualquer verdade do que qualquer outra das mais de quatro mil religiões presentes no mundo hoje. Enquanto isso, pastores milionários como o Ted Hagaard, que aparece no minuto 1:07:00, e que vivem luxuosamente, sem o menor sinal de sacrifício, qualquer que seja, muito menos o de perder a vida por causa de Jesus ou o que o valha, continuam enriquecendo às custas desses tolos. Aliás, esse pastor Ted Haggard é o mesmo que foi alvo de um escândalo sexual em 2009.

Além da lavagem cerebral que esses caras estão fazendo na cabeça dessas crianças para que funcionem como cães amestrados facilmente controlados e utilizados ao gosto de seus líderes, eles estão prejudicando a vida dessas crianças pelo resto da vida. Os caras chegam a usar o termo "utilizáveis". Eles dizem "são muito utilizáveis". Como se não bastasse a doutrinação dessas crianças contra a ciência e contra tudo o que tenha a ver com a cultura popular fora do âmbito da escola dominical e dos retiros espirituais que eles promovem, eles criam os meios 'ideais' para manipularem esses futuros eleitores. 

Na verdade, essa gente promove descaradamente o Partido Republicano, especialmente a pessoa de George W. Bush, a quem eles consideravam o "escolhido de Deus" para "consertar o mundo" para Jesus. 

No momento em que publico esse post, Donald Trump está atuando no seu primeiro semestre como presidente dos EUA, e não por coincidência, ele ganhou as eleições (2016), graças a esse eleitorado que acredita que os Estados Unidos são um país escolhido por Deus para "consertar o mundo" - o que literalmente significa enfiar esse cristianismo fundamentalista pela goela de todo o mundo.

Aqui mesmo no Brasil, muito da perseguição fundamentalista ao ensino secular nas escolas, seja no campo científico, cultural ou social, tem tudo a ver com essa mentalidade. Muita gente envolvida no suspeitíssimo movimento conhecido como 'escola sem partido' está dominada pela mentalidade desses fundamentalistas apresentados no documentário. 

A polêmica sobre o livro de biologia para adolescentes da 8 série é outro exemplo dessa "cruzada" contra o conhecimento científico. 

O esforço para excluir temas como identidade de gênero e diversidade sexual é outro sinal disso. 

O objetivo dessa gente é transformar a educação pública e privada num braço proselitista dessas igrejas e criar/manter um ambiente de constante policiamento contra aqueles que não se enquadram em seu minúsculo sistema de pensamento.

Quem tiver boa compreensão auditiva da língua inglesa certamente ganhará muito ouvindo esses dois caras analisando várias partes do que disseram esses fundamentalistas e as crianças já controladas por eles:


Esse vídeo aqui não foi legendado.


Comentários