Um dia atípico e o inusitado dentro de um Uber

Por Sergio Viula




Pense num dia atípico. Você tem que fazer um monte de coisas, mas cada uma num bairro diferente do Rio. Diferentes e distantes entre si. 

Decidi tomar um Uber, coisa que tem feito cada vez mais frequentemente ultimamente. O motorista era meu xará. Ele se chama Sergio também. Chegou à minha casa menos de cinco minutos. Joia. Entrei e disse: Bom dia, Sergio. Quer dizer que somos xarás? Ele disse: Mais do que isso. Eu perguntei: Como assim? Ele explicou. 

Veja no vídeo abaixo o quem era ela e porque tínhamos mais em comum do que somente o nome... 

A vida e seus encontros e desencontros.



Detalhe: Dei cinco estrelas na avaliação da corrida. ^^ 

Comentários