PARADA DE ISTAMBUL: LGBT turcos resistem à repressão governamental e saem à rua

Por Sergio Viula

Essa foto emblemática de resistência e orgulho me deixou ao mesmo tempo consternado e orgulho da coragem da nossa comunidade, esteja ela onde estiver.      fonte da foto: Dezanove


A Turquia, país com maioria  muçulmana, sempre se destacou em relação aos países mais extremistas, porque buscou uma secularização que países como a Arábia Saudita e o Irã, por exemplo passaram a rechaçar. 

Entretanto, a população LGBT tem sido impedida de se manifestar na Parada do Orgulho LGBT na cidade de Istambul desde o ano passado (2015). Esse ano, o governo alegou cinicamente que por medidas de segurança, não poderia liberar a parada. Os manifestantes insistiram e foram linda e pacificamente às ruas de Istambul. 

De repente, o mesmo governo que dizia não poder garantir a segurança, conseguiu colocar policiais na rua para reprimir os manifestantes e chegaram a prender duas pessoas.

O site português Dezanove fez matéria com foto e vídeo e explica bem o que está acontecendo num artigo curtinho que vale a pena ler. Clique aqui para acessá-lo: 
PARADA LGBT DE ISTAMBUL CANCELADA PELO GOVERNO

Comentários

  1. Medo de que o Brasil retroceda a este ponto que a Turquia se encontra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Ronaldo. Precisamos estar unidos, amigo.

      Abração,
      Sergio

      Excluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.