Aniversário da Rainha: Elizabeth II honra seis pessoas por lutarem pela igualdade LGBT


Rainha honra seis pessoas por lutarem pela igualdade LGBT por ocasião do seu aniversário

Os que foram contemplados com um título no aniversário da rainha têm contribuído significativamente para a igualdade LGBT




Dia 11 de junho é o aniversário oficial da rainha, mas ela nasceu mesmo em 21 de abril


by Jack Flanagan
GAY STAR NEWS

Traduzido por Sergio Viula


No aniversário da rainha Elizabeth II esse ano, seis pessoas foram honradas por suas contribuições para a diversidade e inclusão de pessoas LGBT.

As pessoas honradas incluem a famosa escritora gay Stella Duffy (The Purple Shroud), que foi nomeada Escritora Stonewall do Ano (Stonewall Writer of the Year) duas vezes.

‘Espero que essa honra inesperada nos ajude a abrir algumas portas, ter conversas vitais, fazer a diferença que precisamos", disse ela.



"Espero que essa inesperada honra nos ajude a abrir algumas portas."




Conselheiros e ativistas Robert Hodgson – vice-Presidente do LGBT Advisory Group pelo Serivço Metropolitano de Polícia (Metropolitan Police Service) – e Sarah Groenewegen – oficial senior e presidente da Rede de Orientação Sexual para a Agência Nacional Criminal (Sexual Orientation Network for the National Crime Agency) – também foram honrados.

Jen Yockney foi premiada com um MBE (Ordem do Império Britânico) pelo seu trabalho na comunidade bissexual, incluindo o vanguardista BiPhoria, um grupo para bissexuais de Manchester.

"Estou encantada"', disse ela. "Quando eu saí do armário aos dezesseis anos de idade no auge da mania [do videogame] Section 8, aquele era um mundo muito diferente."

"Eu acredito que também sou a primeira Mx [um termo para gênero não específico] a estar numa lista de Honra".

Elly Barnes foi premiada com um título da Ordem do Império Britânico por seu trabalho como fundadora do Educar e Celebrar (Educate and Celebrate). "Estou absolutamente supresa."




"Estou absolutamente surpresa."


Caroline Bovey foi premiada com um título da Ordem do Império Britânico por seu trabalho para a igualdade no NHS (Sistema Nacional de Saúde) no País de Gales.

Finalmente, Matthew Toresen de Northampton recebeu um prêmio pelos serviços prestados à comunidade LGBT.

Outros sete prêmios foram destinados àqueles que apoiam a 'diversidade'.

Notadamente, o cantor Rod Stewart foi declarado nobre pelas contribuições para a música, e o primeiro astronauta britânico foi premiado com um título de membro da Ordem de São Miguel e São Jorge.

Ele recebeu a notícia enquanto ainda estava na estação espacial.




---------------------------------------------------------


COMENTÁRIO DESTE BLOGUEIRO



Fico muito feliz em ver a Rainha Elizabeth II, símbolo de tradição, mostrar ao mundo que é possível ser tradicional e inovadora ao mesmo tempo e simultaneamente conservadora e transformadora. Diferentemente de seus antecessores que até perseguiram pessoas LGBT, ela está reconhecendo os esforços daqueles que trabalham para acabar com o preconceito e a discriminação.


O aniversário dela (e essas premiações) foi celebrado um dia antes do atentado à boate Pulse em Orlando e é extremamente significativo. Não pode perder o brilho, apesar da dor que a tragédia nos traz. Se uns distribuem tiros, a Rainha da Inglaterra distribuiu títulos. E com isso, ela torna atos de ódio como aquele ainda mais desprezíveis aos olhos dos que enxergam para além do próprio umbigo.


Obrigado, Elizabeth (aquela que tem a felicidade). Obrigado mesmo. 


E que por essas terras aqui comecemos a ver esse tipo de iniciativa dentro e fora do âmbito do poder estatal, mas que - acima de tudo - progressos sejam feitos na promoção da igualdade no meio da diversidade por aqueles cujas canetas podem mudar, em grande medida, o curso das coisas.


Chega de destacar os idiotas promotores de ódio. Falemos daqueles que ajudam a construir um mundo mais inclusivo, pacífico, onde possamos ter vidas mais vivíveis como diz Judith Butler.


Comentários