Contagem regressiva para matar a saudade: André e Sergio



A SAUDADE CHEGA AO FIM
De 24 de fevereiro até 24 março de 2016


Entre o feriado de carnaval e o final de semana seguinte, eu e André ficamos separados por apenas um dia - a quinta. Mas depois disso, a espera foi longa. Só poderíamos nos ver de novo na Páscoa. Então, decidimos fazer uma contagem regressiva quando faltassem trinta dias. Ele faria publicações variadas (fotos, desenhos, versos) a seu gosto. Eu fiquei de fazer um verso por dia. No final dos trinta dias, eu havia acumulado os 30 aforismos que você poderá conferir abaixo. 

Espero que eles inspirem bom sentimentos. Todos os versos incluem a palavra saudade ou seus derivados. Afinal, foi a saudade que nos moveu a fazer essa contagem regressiva e ansiosa. Em breve, essa distância e esse tempo darão lugar à convivência ao vivo e em cores (todas as do arco-íris, é claro). ^^

Eis os aforismos - todos de próprio punho e com autoria registrada. Se desejar citá-los, favor dar crédito como "por Sergio Viula", Obrigado a todas e todos.

30) Saudade é a dor da ausência que só o reencontro consegue estancar - magia que transforma a dor da ausência em ausência de dor.  Parece até mais urgente que o ar.

29) Morrer de saudade é viver no vão que separa a memória da perspectiva -  indomável antecipação que emerge da dor da despedida.

28) Saudade é o amor sofrendo inexorável sede longe da fonte, enquanto vence o calendário - um dia após o outro - na certeza do reencontro.

27) Saudade é a atualização da ausência em sua virtualidade acompanhada da dor da espera na perspectiva de reencontro.

26) Saudade é um sentimento teimoso que se recusa a morrer sem a presença do amado e ressurge ao menor sinal de seu distanciamento. Fênix que renasce das cinzas da despedida.

25) Que poder é esse que a saudade detém? Alonga a espera, encurta o encontro, e faz o tempo de refém.

24) Saudade em ano bissexto ganha mais um dia para arrebentar o peito.

23) Saudade é um estado de desalento que, com a aproximação do encontro, vai virando euforia. Rio, porque mais belo horizonte do que esse nem na mais fantástica utopia.

22) Saudade não tem verbo. Nomeia e qualifica, mas não diz se vai ou se fica. Fala do sujeito e do objeto sem o menor receio de redundância. E tudo isso por mera implicância. Afinal, não lembra o amante, SAUDOSO, de seu SAUDOSO amado? Garanto, não tem jeito: se por amor adoece, só pelo amor será curado.

21) Desconfiada por natureza, a razão cobrou dos sentidos uma evidência convincente do amor entre duas pessoas. Ao que, em raríssima unanimidade, os cinco gritaram:  Saudade.

20) A saudade que me devora é também a que me alimenta. 60 minutos sob as asas de Dumont, e ela não mais me atormenta.

19) Pobres romanos que ao dizerem "solitate" pensavam apenas em solidão. Nossa lusófona saudade diz mais, sem poupar sofreguidão. Longe não é o mesmo que só. Saudade é viver no intermédio, nadando contra a maré. Mas, para a minha dor, já existe remédio, e ele se chama André.

18) Se a minha saudade fosse um RIO, BELO HORIZONTE teria mar. Uai, esse trem faz todo sentido. Pois, se a minha saudade deságua lá, como é que não tem praia em BH?

17) Saudade é dança sem canto, é canto sem nota, é nota sem pauta, é pauta sem linha, é linha sem pena, é pena sem ponta, é ponta sem tinta - é a vida de ponta-cabeça, querendo muito que o calendário minta e que ELE reapareça.

16) Ao tomar meu coração de assalto, ele deixou a saudade como penhor, jurando que voltaria de um salto para resgatar o nosso amor.

15)    Saudade é o afeto da distância -
         Essa paixão triste que vive da vacância.
         Não temas, meu amor, porque ela está jurada.
         Tem dia e hora para ser executada.


        E sem qualquer dor ou resistência,
        Passará à mais completa obsolência
        Porque ao primeiro vislumbre do teu rosto,

        Já nem me resta lembrança de seu gosto.

14) A saudade é tão precavida que guarnece o coração com as dores da ausência antes mesmo da despedida.

13) A saudade é a única dor que indica saúde, e não doença. Pois, na falta dela, quem diria que isso é amor, e não indiferença?

12) Saudade é uma contradição estupenda. Anseia pela presença do amado, quando é de sua falta que se alimenta.

11) Ainda não inventaram o "saudadômetro", mas se medissem a minha saudade, encontrariam níveis astronômicos.

10) Minha saudade nasce e morre no aeroporto. Quando ele chega, sinto-me vivo. Quando parte, meio morto.

09) Ponte área já não basta. Fica e acaba de vez com essa saudade que me vergasta.  

08) Quando eu pensava que não mais me apaixonaria, veio ele e acabou com minha obstinação. O cupido fez daqueles olhos arco e flecha, e de alvo o meu coração. Difícil agora é suportar 500 quilômetros de sofreguidão.

07) Se o tempo é o senhor da razão, faz um mês que ele alforriou a minha. Confesso, não minto: Ela fugiu com a saudade e 'pirou na batatinha'. 

06) Para a saudade, não há canção de ninar. Nenhum sonífero que a faça descansar. Mas se deitas ao meu lado, ela já não me incomoda. Vai para o reino de Morfeu com passagem de ida sem volta.

05) Seja no Santos Dumont ou no Galeão, teu desembarque é sempre o fim da aflição. A saudade, sem qualquer recurso de seu, sucumbe diante de tão efusiva emoção.

04) No leito da saudade, o amor sofre tua falta, mas basta um abraço teu para que ele logo tenha alta.

03) A saudade é fogo que arde no peito, alimentado pela lenha da distância. Incendiou, não tem jeito. Só se apagará com abraços e beijos numa deliciosa alternância.

02)  A saudade é uma incontornável suicida.
       Por ela, anseio ver-te. Mas, se te vejo, é ela que perde a vida
       E quando ela se vai, ninguém lamenta sua ausência.
       Onde já se viu sentir saudade de ter saudade?

       Esse pensamento é quase uma indecência.
       
Sentir falta do que já tenho?
       Afinal, seria preciso tê-la para sentir falta dela. 
       Até para Eros, isso seria demasiado engenho.

01) Saudade não morre de véspera. Aumenta. O coração não sabe se sossega ou se arrebenta.

ASSISTA O VÍDEO



As imagens são de Britney Spears para cada dia da contagem regressiva porque ela é a diva favorita dele.

Em tempo: Antecipamos os planos e essa sexta-feira, ele vem para ficar. Obrigado a todos os que torcem por nós.




No dia mundial da Poesia, 21 de março, fiz um poema especial, ou seja, fora da contagem regressiva para marcar o momento e homenagear meu amor. Vale dizer que André fez postagens diárias sobre nosso amor e a saudade que sentia. Aqui nesse post estão só as minhas, mas ele foi absolutamente lindo o tempo todo.






Por Sergio Viula
Para Andre Dias
21 de março, às 08:34


Contagem regressiva


No dia mundial da poesia,

Em verso extra para meu amor

A espera termina em três dias

E com ela, a minha dor.



Os poetas têm suas musas,

E escrevem lindamente

Eu tenho você,

E não poderia estar mais contente.



Meu beijo viaja célere pela internet

E se não posso te abraçar apertado,

O que me resta, senão, longe do amado

Controlar minha saudade pelo chat?



Mas vem aí a sexta-feira da paixão

O fim dessa dolorosa espera

Tão-logo a aeronave toque o chão,

Será o início de uma nova era.



Comentários