2 de dezembro: ABIA apresenta filme e debate no CCBB do Rio



No próximo dia 2, a Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS fará uma exibição especial, seguida de debate, de “Cabaret Prevenção”, filme que neste ano completa 20 anos de sua existência e que continua extremamente atual. O filme documenta o resultado das oficinas e do livro organizado com os participantes das Oficinas de Teatro Expressionista, Sexualidade e AIDS para Homens que fazem Sexo com Homens iniciadas na ABIA em 1993.


 SAIBA MAIS:


Cabaret Prevenção – 20 anos depois, oportuno e atual na luta contra o HIV/Aids terá exibição gratuita no CCBB



No mesmo dia haverá Entrega da placa "Reconhecimento: promoção em saúde e prevenções populares do HIV e da AIDS"


No dia 2 de dezembro no CCBB – RJ, a Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS fará uma exibição especial, seguida de debate de “Cabaret Prevenção” – do filme que documenta o resultado das oficinas e do livro organizado com os participantes das Oficinas de Teatro Expressionista, Sexualidade e AIDS para Homens que fazem Sexo com Homens iniciadas na ABIA em 1993 e que, transformada em performance teatral, ocupou (com casa cheia) o palco do Teatro Alaska, em plena Copacabana. A exibição será no CCBB às 18h30.



Vagner de Almeida, diretor do filme, explica que a ideia do projeto foi trazer ao público uma série de demandas do coletivo HSH, algo que não se tocava ou falava, pois as barreiras eram imensas. “Foi uma criação coletiva com a participação de dezenas de participantes, homossexuais, travestis e futuras travestis; rapazes que alguns anos depois se transformaram por completo para o gênero feminino”. 


Em 2015 completa-se 20 anos de sua existência e o filme continua extremamente atual. “Nada mudou e eu diria que nos dias de hoje, com todos os avanços, só piorou a situação da comunidade LGBT, mesmo com muitos acreditando que os avanços tenham sido uma porta para tantas outras demandas sociais”. Na avaliação de Vagner Almeida, houve um retrocesso no universo LGBT, no campo do HIV e da AIDS, pois os mesmos enfrentamentos da década de 80, quando a epidemia se alastrou pelo mundo; na década de 90 quando foram vivenciadas tantas lutas contra o HIV e a homofobia; e nos dias atuais, 20 anos depois, ainda é preciso enfrentar todo tipo de discriminação e crimes de ódios contra a sociedade – não só HSH, mas o coletivo LGBT. “Por isso, entendo que a proposta se mantém atual, urge de atenção redobrada, precisa ser repaginada com total atenção, pois todo tipo de exclusão está visível nos dias atuais” destaca.


Cabaret Prevenção, na época de seu lançamento, causou grande impacto e reações diversas – de apoio e críticas. Mas o legado foi recompensador. “Cabaret Prevenção ousou em todas as formas da prevenção, denunciou a extorsão social contra o HIV e da AIDS, trouxe para os palcos a violência estrutural, urbana, familiar, contribuiu na distribuição de preservativos na porta do teatro e muitas pessoas nunca tinham colocado a mão em um preservativo” destaca Vagner.

Após exibição comemorativa, haverá debate com o diretor e dois personagens que participaram do filme na época. Nesta mesma noite, o Projeto Diversidade Sexual, Saúde e Direitos entre Jovens, da ABIA fará uma homenagem a pessoas e grupos envolvidos com a causa do HIV/AIDS e que vem atuando dentro das favelas, nas ruas e desenvolvendo atividades positivas como acolhimento e prevenção. Serão 20 homenageados, que receberão a placa "Reconhecimento: promoção em saúde e prevenções populares do HIV e da AIDS". 

Dentre os 20 homenageados, estão a travesti Laila Monteiro, o Grupo Diversidade Sexual da Baixada Fluminense; Gloria Vitorino, do Quitombo, em Braz de Pina; Regina Bueno, que faz acolhimento na própria casa com jovens vivendo e convivendo com HIV e Epifânio Correia, que faz trabalho de prevenção nos terreiros de candomblé e umbanda, dentre outros. Uma das surpresas da noite será a homenagem a travesti Ferrulla Muniz, que atuou na peça e fez todas as roupas do Cabaret Prevenção na época.


Serviço:
02/12 às 18h30: 20 anos do filme Cabaret Prevenção

Entrega da placa "Reconhecimento: promoção em saúde e prevenções populares do HIV e da AIDS".

Local: CCBB – Rio de Janeiro-RJ – Rua Primeiro de Março, 66 – a 4º andar. Capacidade: 80 pessoas






Informações para a imprensa
TARGET ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
Márcia Vilella | Letícia Reitberger
21 2284 2475 | 98158 9692 | 98158 9715

COMUNICAÇÃO ABIA
21 2223-1040 | 2223-1185

Comentários