Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Judeu ultra-ortodoxo ataca Parada do Orgulho LGBT em Jerusalém

Imagem
Foto: www.emtempo.com.br Momento em que o criminoso foi dominado


Pela agência Reuters


JERUSALÉM (Reuters) - Um judeu ortodoxo esfaqueou e feriu seis participantes da Parada do Orgulho Gay de Jerusalém nesta quinta-feira, informou a polícia.


“Um incidente dos mais sérios” foi como o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, classificou o ataque, o pior em anos no evento em Jerusalém, cidade onde a população religiosa é mais proeminente do que em outras partes de Israel.

Os manifestantes, que somavam 5 mil e levavam cartazes, seguiam por uma avenida quando o religioso ultra-ortodoxo saltou na multidão e apunhalou alguns deles, disseram testemunhas.

A polícia prendeu o suposto agressor e o interrogou, afirmou o porta-voz da corporação Assi Aharoni.

Médicos e policiais disseram que o perpetrador feriu seis pessoas. Duas foram levadas a um hospital em estado grave.

“Vi um jovem ultra-ortodoxo esfaqueando todos em seu caminho”, contou Shai Aviyor, testemunha entrevista…

Jovem ex-testemunha de Jeová e gay fala sobre sua emancipação

Imagem
Maurício Graziano em 2011 
Maurício é um jovem nascido do amor entre um suíço, filho de italianos, e uma brasileira. Foi ensinado na religião de seus pais, Testemunhas de Jeová. Cresceu na Suíça, mas nunca perdeu a conexão com o Brasil, onde sua avó materna mora até hoje. Tive o privilégio de conhecê-lo em 2014. Ele havia deixado o Salão do Reino das Testemunhas de Jeová havia pouco tempo e pudemos trocar boas ideias sobre religião e emancipação. Ele leu Em Busca de Mim Mesmo. Disse que gostou, emprestou para a avó, e comprou outro para dar de presente. Logo em seguida, voltou para a Suíça, mas esteve no Brasil novamente há pouco tempo.

Jovem, inteligente e comunicativo, Maurício fala muito bem a língua portuguesa, mas sente-se mais à vontade para conversar em inglês. Ele carinhosamente concedeu ao Blog Fora do Armário a entrevista que você lerá abaixo:

Fora do Armário: Mauricio, você foi testemunha de Jeová, certo? Quando você nasceu sua família já pertencia à organização?
Maurício: Ce…

Testemunhas destruíram notas sobre abuso sexual de crianças, disse um ancião do Salão do Reino

Imagem
Max Horley parte logo depois de apresentar evidências à comissão real para respostas institucionais ao abuso sexual infantil em Sydney, Austrália. Fotografia por Paul Miller/AAP

Fonte: The Guardian 
Tradução por Sergio Viula (foradoarmario.net)

Testemunhas de Jeová destruíram notas sobre abuso sexual de crianças para impedir que elas caíssem e mãos erradas e para "protegerem suas esposas", disse um ancião do Salão do Reino durante uma audiência em Sydney, Austrália.


A abertura da comissão real para a audiência sobre abuso na igreja (Salão do Reino das Testemunhas de Jeová) ouviu como 1.006 alegações de abuso sexual desde 1950 foram tratadas internamente e nunca denunciadas à polícia. 

A comissão também ouviu que as vítimas era obrigadas a confrontar seus abusadores e saíam se sentindo como se elas tivessem pecado.


Max Horley foi um ancião de uma congregação das Testemunhas de Jeová em Narrogin, Austrália Ocidental, nos últimos anos da década de 1980, quando uma mulher conhecid…

REPETIÇÃO SINTOMÁTICA DO “DIA DA MAMATA” - por Claudio Pfeil

Imagem
REPETIÇÃO SINTOMÁTICA DO “DIA DA MAMATA” (Claudio Pfeil)
Há anos assisti a um filme chamado "Feitiço do Tempo" (“Groundhog Day”, 1993) onde o personagem, um repórter meteorológico, vai até uma pequena cidade cobrir um evento: o tal "Dia da Marmota". Recomendo. Para lá do prosaico, o filme aborda de forma lúdica, fascinante e original a questão da temporalidade, de resto, tema filosófico por excelência. Assim, cada dia que amanhece, o dia se repete, sempre o mesmo, sempre igual, fazendo o personagem, assim como o espectador, experimentar a angustiante sensação de estar preso no tempo, repetindo sua vida. É exatamente o que em Psicanálise chamamos de sintoma: a vida que se repete sempre da mesma forma à revelia da nossa vontade. Há que se indagar o desejo, tarefa mor do divã. 

 Há anos, décadas já posso dizer, acordo e assisto ao mesmo dia. Não falo dos meus sintomas, estes, trato-os em análise. Falos dos intratáveis sintomas da política brasileira, sempre os mesmos, o …

Belo trecho da prova para o magistério da Prefeitura de Saquarema: "Os Direitos Humanos Nas Escolas"

Imagem
Como diz meu querido Edson Amaro, leitor desse blog e professor que me enviou esse trecho da prova: é uma saudável massagem no ego ler isso na prova da Prefeitura de Saquarema, especialmente num momento em que extremistas católicos e evangélicos lançam uma verdadeira inquisição contra as políticas nacionais, estaduais e municipais de inclusão que promovam a boa convivência entre os alunos, sob diversos aspectos, inclusive o da sexodiversidade e das transgeneridades.

Não vou me alongar aqui, porque já tenho um post sobre isso aqui no blog, e vale muito a pena lê-lo, porque a briga é feia. 

Parabéns à Prefeitura de Saquarema pela inclusão do tema na prova para o magistério. Professores não têm desculpa. Ele têm que ser inclusivos ou não deveriam sequer ser professores.

LEIA:

Chocante e comovente relato de um jovem gay iraquiano que escapou de ser executado pelo EI

Imagem
Taim: 'É devastador ver a reação pública aos assassinatos do 'EI'; as pessoas se solidarizam com as vítimas apenas se não forem gays.' (Foto: BBC)

Segundas-feiras costumam ser difíceis. Ver a semana inteira diante de si, reacostumar com os horários da rotina semanal, livrar-se da preguiça bem cultivada de domingo, e por aí vai. Mas, ler o relato de Taim, um estudante de medicina de 24 anos, iraquiano e gay, logo de manhã e ver como vivem os LGBT do Iraque, mais do que nunca agora sob o domínio do Estado Islâmico (EI), faz tudo parecer um conto do fadas. Nada se compara ao terror que esses criminosos vêm impondo por onde passam.

Mas nem tudo é invenção da cabeça psicótica desses caras. Muito do que eles fazem é apenas realizar que o a sociedade iraquiana e outras de maioria muçulmana adorariam ter coragem de fazer, mas não têm: exterminar gays e esperar de Alá uma boa recompensa por isso.

Não é de hoje que venho acompanhando as execuções que o EI vem fazendo, especialme…

Corte Europeia dos Direitos Humanos: Itália viola direitos humanos por não reconhecer uniões homoafetivas

Imagem
Pesquisas de opinião na Itália mostram crescimento no apoio ao casamento gay

A Itália viola direitos conjugais de LGBT - Corte Europeia Publicado em 21 de julho de 2015 pela BBC em Europe Traduzido por Sergio Viula e levemente adaptado






A Itália viola direitos humanos ao não oferecer proteção legal suficiente para casais do mesmo sexo, sentenciou a Corte Europeia. 
Os juízes disseram que o governo tem violado os direitos de três casais homoafetivos ao recusar-lhes o casamento ou qualquer outra forma de reconhecimento de sua união. 

A Itália é o único dos maiores países da Europa Ocidental sem parcerias civis ou casamento para pessoas homoafetivas. 

O Primeiro Ministro Matteo Renzi prometeu há muito tempo aprovar uma lei sobre uniões civis.

Ao falhar em introduzir nova legislação, o governo fracassou em "atender as necessidades centrais, relevantes para um casal em relacionamento comprometido e estável,"  decidiu a Corte Europeia de Direitos Humanos (ECHR) na última terça-feira.

A c…

Defensoria Pública do Estado de São Paulo: espaço fantástico para aprendizagem e troca.

Imagem
Tatiana Lionço e Sergio Viula - Foto por Ana Ferri
Foi excepcional participar de uma mesa na Defensoria Pública do Estado de São Paulo na última quinta-feira. Antes disso, tivemos o privilégio de ouvir um professor de Filosofia da USP e um Procurador do Ministério Público que deram um show sobre liberdade de expressão. 

José Reinaldo de Lima Lopes (professor da USP), Jefferson Dias (promotor e representante do Ministério Público) e a Dra. Vanessa Vieira, da Defensoria Pública, fazendo as apresentações.

Nossa mesa, digo, minha e da Tatiana Lionço, foi sobre Estado laico e diversidade. O público foi incrivelmente participativo e interessado, esticando o horário ao máximo com perguntas e participações fantásticas. 

Um agradecimento especial a Vanessa Vieira, Vivianne Ormond Mutarelli, Amanda Cássia Dias, Elisabete Freire Magalhães e Daniel Moraes. ^^

Quem desejar fazer os cursos oferecidos pela Escola de Defensoria  Pública de São Paulo pode acompanhar a página deles por aqui: 

https://www.f…

ABSURDO: HOMEM HIV POSITIVO É CONDENADO A 30 ANOS DE CADEIA NOS EUA

Imagem
Por Andrew Davis
Traduzido por Sergio Viula

Em Missouri, um ex-lutador universitário, Michael Johnson, 23 anos, foi sentenciado a 30 anos de prisão por supostamente infectar um parceiro sexual com HIV e colocar em risco de infecção outros quatro, de acordo com o  STLToday.com .


O Juiz Jon Cunningham do Condado de St. Charles, que declarou a sentença, disse a Johnson: "O principal é o profundo efeito que suas ações tiveram sobre as vítimas e suas famílias."

Johnson foi condenado a 30 anos com base nas acusações mais sérias e um total de 30 anos e meio sobre acusações menores. As sentenças correrão concomitantemente.

Ativistas que trabalham com o HIV, assim como membros conhecidos da comunidade médica e legal expressaram sua indignação diante da sentença. Dr. Jeffrey Birnbaum—um especialista em HIV em adolescentes, e fundador do  Health and Education Alternatives for Teens (HEAT)—disse: "Leis criminais contra o HIV não produzem impacto positivo sobre a propagação do HIV. Se…

Defensoria Pública de SP, hoje, 16/07/15, palestra e debate sobre direitos humanos e diversidades

Imagem
LIBERDADE DE EXPRESSÃO E DISCURSO DE ÓDIO José Heraldo de Lima Lopes e Jefferson Dias
LIBERDADE RELIGIOSA E LAICIDADE DO ESTADO Com Tatiana Lionço e Sergio Viula
HOJE, 16/07/15, QUINTA-FEIRA Aberto ao público Envie um e-mail com seu nome e contato para a Defensoria Pública pelo e-mail: nucleo.discriminacao@defensoria.sp.gov.br

Carta da Associação Brasileira de História das Religiões em repúdio à intolerância religiosa e demais intolerâncias

Imagem
ABHR - Associação Brasileira de História das Religiões
A ABHR apresenta seu veemente repúdio em relação a qualquer forma de intolerância, fundamentalismo e discriminação. Entendemos que tais práticas violam direitos constitucionais e legítimos de cidadania e atentam contra os Direitos Humanos em sua forma mais ampla. 

Colabore com essa iniciativa, lendo e compartilhando essa carta. Curta a página da ABHR no Facebook também. https://www.facebook.com/cartadaabhremrepudioasintolerancias


IGUALDADE NA VEIA: PARTICIPE DESSA CAMPANHA

Imagem
Apenas 1,9% dos brasileiros doa sangue regularmente. Mas esse número poderia ser muito maior se uma parte da população, que já passa dos 6 milhões, não enfrentasse tantas barreiras para doar: os homossexuais.

A Anvisa determina que qualquer homem que tenha tido relações sexuais com outro, nos últimos 12 meses, deve ser impedido de doar sangue, mesmo que ele tenha um parceiro fixo e faça uso de preservativo.

Porém, todo sangue recebido no país é testado para averiguar qualquer tipo de contaminação. Se existe risco, ele existe para todas as amostras.

Por isso, o projeto Igualdade na Veia busca a regularização da doação de sangue pelos homossexuais, uma vez que a orientação sexual não deve ser parâmetro para isso.

Assine a petição e apoie essa causa. Acesse o formulário no site oficial da campanha: http://www.igualdadenaveia.com.br/


Temos muito sangue que poderia estar na veia de quem precisa.

CONTATOS facebook.com/IgualdadeNaVeia
nos@igualdadenaveia.com.br

OAB do RJ: Congresso Internacional de Direito Homoafetivo - 2015

Imagem
Dra. Maria Berenice Dias convida: Congresso Internacional de Direito Homoafetivo - 2015
Eventos Nome:Direito HomoafetivoTipo:Congresso InternacionalPeríodo: 02/09/2015 até 04/09/2015 Local:OAB/RJHorário: 09:00 até 18:00 Clique aqui para se inscreverCongresso Internacional de Direito Homoafetivo - 2015 Realização
Comissão Direito Homoafetivo (CDHO) Programação
1° Dia
17h – credenciamento
18h – Abertura
Mesa de Abertura:
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB/RJ
Marcello Oliveira, presidente da CAARJ
Raqu…