GOL de placa na revista de bordo GOL - saca só. :)


Por Sergio Viula
Fotos escaneadas pelo mesmo da própria revista



Quando Santos Dumont ainda sonhava em voar, antes mesmo que ele pudesse fazer sua primeira tentativa de pilotar um dirigível, a humanidade já havia produzido muitos amores, inclusive amores entre dois homens e duas mulheres. Há quem diga que o próprio Pai da Aviação era um desses incontáveis homens - alguns deles brilhantes - que povoam a história mundial. Como ele nunca falou abertamente sobre seus sentimentos (muitos gays de seu tempo também escondiam), a família ainda tenta atribuir certos indícios de sua história afetiva a outros fatores. Não seria por ter uma família assim, que em pleno século 21 ainda nega, que ele teria se mantido dentro do armário? Santos Dumont era realmente gay? Meu palpite é que sim, mas vai saber...

Em 19 de outubro de 1901, seu primeiro voo num dirigível foi feito em Paris. Ontem, dia 31 de maio de 2015, voava eu de São Paulo para o Rio, pela GOL, quando decidi dar uma olhada na revista de bordo para "matar" o tempo. Que surpresa deliciosa eu tive quando peguei o número 158, de maio de 2015 (era o último dia da revista, que seria substituída no início de um novo mês!!!) e encontrei uma matéria em comemoração ao mês das mães com histórias de famílias com configurações diversas, inclusive uma com dois pais e outra com duas mães.

Fiquei orgulhoso da GOL Linhas Aéreas Inteligentes. Histórias como essas inspiram mais amor num mundo tão cheio de incompreensão.

Meus parabéns à GOL e meu incentivo a que outras empresas exerçam sua responsabilidade social de maneiras criativas e que celebrem a diversidade humana e o pluralismo de nossa sociedade.

www.voegol.com.br

 



 







Comentários