São Paulo, 13 de março: (Redes)conectando gênero e religião

Com grande orgulho, anuncio a apresentação da tese do meu querido Du Meinberg Maranhão, jovem que se empenhou num trabalho de pesquisa que produziu conhecimento sobre uma realidade complexa, dolorosa, mas também cheia de superações. Ele procurou entender as tensões entre as transgeneridades e a religião. Gostaria muito de poder estar em São Paulo nesse dia para assistir a defesa de sua tese, mas infelizmente o trabalho não me permite. Se você mora em São Paulo, compareça. Certamente, serão momentos enriquecedores. Veja detalhes abaixo:
Du Meinberg Maranhão apresentará sua tese de doutorado no dia 13 de março, sexta-feira. O local será a FFLCH/USP. O horário 09:00.
O título: (Re/des) Conectando Gênero e Religião. Peregrinações e Conversões Trans* e Ex-Trans* em Narrativas Orais e do Facebook.
O FFLCH - USP fica na Rua do Lago, 717
05508-080 São Paulo
RESUMO DA TESE:

Você já parou prá pensar se seu gênero é fluido ou fixo? Se sua religiosidade se manteve “intacta” durante sua história ou foi se modificando? Se gênero e religião se (con)fundiram durante sua jornada? 

Em (Re/des) conectando gênero e religião: Peregrinações e conversões trans* e ex-trans* em narrativas orais e do Facebook reflito os atos de fazer + desfazer + refazer gênero e religiosidade através de redes formadas por pessoas cis, trans* e ex-trans*. 

Tais...
redes (re/des)conectam determinados discursos religiosos/generificados e diferentes peregrinações e conversões de gênero e religião, demonstrando distintas (re/des)engenharias de identidades, corpos e almas religios@s e generificad@s. Estas (re/des)confecções são percebidas através de etnografia ciborgue que mescla trabalho de campo on+off-line, privilegiando história oral e incursões no Facebook (enfatizando o grupo Religiosidade, espiritualidade e ateísmo de pessoas trans*, REAPT*), em igrejas inclusivas – com destaque à Igreja da Comunidade Metropolitana de São Paulo (ICMSP) e ao Ministério Séfora’s de Travestis e Transexuais da Comunidade Cristã Nova Esperança Internacional (CCNEI) – e ministérios de recuperação/conversão de travestis, especialmente a missão Salvação Amor e Libertação (SAL).
 
Palavras-chave: Identidade religiosa e de gênero, igrejas inclusivas, ministérios de recuperação/conversão de travestis, etnografia ciborgue, história oral, Facebook

Comentários