Nas Filipinas: Papa Francisco finalmente mostra as garras?


Tradução: Sergio Viula para o blog Fora do Armário




O Papa Francisco declarou que a família está sendo ameaçada pelo casamento gay.



Falando nas Filipinas, o líder da Igreja Católica criticou o que ele chamou de “colonização ideológica da família” – linguagem que muitos tomaram como significando o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

“A família está ameaçada pelos esforços crescentes da parte de alguns que querem redefinir a própria instituição do casamento, pelo relativismo, pela cultura do efêmero, pela falta de abertura à vida”, disse Francisco..


Um porta-voz do Vaticano confirmou que o papa estava se referindo, pelo menos em parte, ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.


O papa falava a mais de 1.000 famílias no centro de Manila.


Durante a viagem, ele também declarou apoio à proibição da contracepção e disse que se você insulta a fé, pode esperar pelas consequências – em referência aos assassinatos no Charlie Hebdo em Paris.

Pope Francis has claimed the family is being threatened by gay marriage.
Speaking in the Phillippines, the leader of the Catholic Church criticized what he called the 'ideological colonization of the family' - language that many have taken to mean the marriage of same-sex couples.
'The family is threatened by growing efforts on the part of some to redefine the very institution of marriage, by relativism, by the culture of the ephemeral, by a lack of openness to life,' Francis said.
A Vatican spokesperson has confirmed the pope was referring, at least in part, to same-sex marriage.
The pope was speaking to more than 1,000 families in downtown Manila.
During the trip, he also voiced his support for a ban on contraception and said if you insult faith, you can expect to get consequences - in reference to the Charlie Hebdo killings in Paris.
- See more at: http://www.gaystarnews.com/article/pope-francis-family-threatened-gay-marriage160115#sthash.Y5G85fqg.dpuf
Pope Francis has claimed the family is being threatened by gay marriage.
Speaking in the Phillippines, the leader of the Catholic Church criticized what he called the 'ideological colonization of the family' - language that many have taken to mean the marriage of same-sex couples.
'The family is threatened by growing efforts on the part of some to redefine the very institution of marriage, by relativism, by the culture of the ephemeral, by a lack of openness to life,' Francis said.
A Vatican spokesperson has confirmed the pope was referring, at least in part, to same-sex marriage.
The pope was speaking to more than 1,000 families in downtown Manila.
During the trip, he also voiced his support for a ban on contraception and said if you insult faith, you can expect to get consequences - in reference to the Charlie Hebdo killings in Paris.
- See more at: http://www.gaystarnews.com/article/pope-francis-family-threatened-gay-marriage160115#sthash.Y5G85fqg.dpuf

Comentários

  1. Respostas
    1. Exato, Arthur. Começa a fazer sentido o livro de Bruno Bimbini sobre casamento igualitário na Argentina e como ele foi arqui-inimigo desse projeto.

      Excluir
    2. Eu não disse? Esse cara Papa) é dissimulado, traíra.

      Excluir
    3. Exatamente, Divina Marwell. Terrível mesmo.

      Excluir
  2. Já era de se esperar ,pra mim não foi nenhuma surpresa . Hipocrisia pura : o cara incita o ódio em nome de Deus . Manda e desmanda como se tivesse recebido autoridade do próprio Deus pra isso se aproveitando da fé de pessoas que só entendem aquilo que já foi esquematizado pra elas aumentando ainda mais o preconceito . Eu só acho que a religião deveria unir as pessoas , mas só se vê o contrário.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.