Noiva transexual casa na Rússia. Veja como.


Um bate-papo para entender o caso:

- Casamento entre pessoas do mesmo sexo ou gênero na Rússia é proibido, certo?

- Certo.

- Como foi que essas duas mulheres se casaram, então?

- Acontece que Allison Brooks, 19 anos, é legalmente considerado homem, apesar de ser uma mulher transexual. Então, como ela não conseguia obter o reconhecimento de sua identidade como feminina, decidiu casar-se com Alina Davis, 23 anos, usando a documentação oficialmente masculina. O país não pode negar casamento a um homem e uma mulher. Acontece que na hora de casar, eram duas noivas , não um noivo e uma noiva. Foi assim que essas duas noivas deram o maior pontapé no saco de Putin e sua turma. O registro civil foi realizado no começo de agosto deste ano (2014).

- Mas não houve reação dos oficiais?

- Sim de acordo com Davis, "ela no chamou de vergonha da família e disseram que precisávamos de tratamento médico... Eu fiquei com medo que minha 'gatinha' partisse para dentro dela. 

- E conseguiram assinar?

- Sim, assinaram todos os papéis e, com isso, conseguiram que um casal trans/lésbico fosse reconhecido na Rússia, mesmo que através de uma brecha. Davis disse que "esse é um precedente importante na Rússia", que baniu o casamento entre pessoas do mesmo sexo e criminalizou a 'propaganda gay' em 2013.


Adaptado por Sergio Viula para o formato de diálogo.

Comentários