A pegunta de um internauta e algo para pensar.



A pergunta foi feita por um leitor que comentou num post de Divina de Jesus Scarpim, logo depois de um comentário meu, via Facebook:  
https://www.facebook.com/divina.scarpim

Comentários