Parada do Orgulho LGBT 2014: Nós fomos! :)

Sergio e Katia Viula chegando à concentração por volta de 15:00.

Muita gente já na concentração e a multidão só crescia.

Drag Queen arrasando.

Fotógrafo fazendo vários takes.

Jornalista fazendo entrevista, apesar da música alta.

Artistas, representantes das ONGs LGBT de vários lugares e representantes do poder público falaram.

Distribuição de camisinhas e panfletos informativos sobre prevenção de DSTs e HIV.

Agora tenho uma bandeira para chamar de minha. Comprei lá.

Minha irmã Kátia chegando junto e celebrando o Orgulho LGBT.

A concentração da Parada do Orgulho LGBT de Madureira (2014) estava marcada para 13h. Chegamos às 15h e já tinha muita gente. Vários carros de som e um ônibus da FM O Dia já estavam em seus postos na avenida. Valeska Poposuda e David Brazil se atrasaram muito. Enquanto isso, várias celebridades, representantes de ONGs e do poder público se revezaram no microfone. Entre eles, a Bom-Bom, o Júlio Moreira e o Carlos Tufvesson. 

Ficamos até às 18:15 aproximadamente, mas como os organizadores ainda aguardavam as celebridades atrasildas para começar a caminhar, Katia e eu decidimos voltar para casa, levando em consideração que terminaria muito tarde e que seria complicado tanta gente voltar ao mesmo tempo. O número de participantes bateu o recorde de todas as paradas de Madureira!!!

O ambiente estava super tranquilo, as pessoas curtindo a música, ouvindo os discursos, conversando entre amigos, muitos pais e mães com seus filhinhos, muitos jovens com seus namorados ou namoradas, enfim tudo muito gostoso de ver e de ouvir.

Parabéns aos organizadores e aos participantes! 

Tomo a liberdade de deixar só uma dica, porque vi a mesma coisa acontecer na Parada de D. Caxias esse ano: Se a celebridade atrasar em mais de uma hora, deixem o bonito ou a bonita na pista. Não condicionem a saída da parada à chegada de artistas ou quem quer que seja. Quem respeita a comunidade LGBT chega na hora. Se houver atraso (e uma hora é bastante tolerância), que a parada siga seu curso. Não podem ser tolerados atrasos de duas, três, quatro horas. No final das contas, a parada não acontece por causa do artista, ainda que ele/ela mereça todo o respeito. A parada acontece por causa da comunidade gay e seus amigos. E se eles respeitarem mesmo essas pessoas, não atrasarão várias horas. 

A festa é nossa e de quem vier. Não chegaram, sigam  a música e peguem o carro no caminho. ;)

PARABÉNS também à Prefeitura do Rio de Janeiro, à polícia militar, ao Governo do Estado, à COMLURB e diversas outros parceiros que colaboraram para o sucesso do evento que é cultura, reivindicação e celebração.


MOMENTO FOTO MALUCA

Uma barraquinha fazia fotos com acessórios próprios. Não são fotos espetaculares em qualidade, mas foi divertido. 





COPACABANA SERÁ NO DIA
14 DE SETEMBRO DE 2014.
NÃO PERCAM!

Comentários

  1. Foi muito bom mesmo. A única coisa que lamento, foi o atraso na partida da passeata devido ao atraso de Viviane Araújo e David Brasil. Foi uma pena. Cansados, a energia de quem está na concentração já não é a mesma. À noite a passeata não faz o mesmo impacto que à tarde, a iluminação não ajuda como a claridade solar da tarde. É lamentável que se condicione a partida da passeata à chegada dos artistas, independente de seu atraso absurdo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.