Hi-Fi São Paulo: Uma experiência literalmente espetacular durante o Rio Festival Gay de Cinema 2014

Trailer de São Paulo em Hi-Fi
Um filme de Lufe Steffen

Visite e curta a página do filme no Facebook: https://www.facebook.com/saopauloemhifi

Essa quinta-feira, 11/07/14, foi um dia muito especial para mim. Também foi para vários participantes do Rio Festival Gay de Cinema. Primeiro, porque uma parceria entre o Blog Fora do Armário e o Festival permitiu que as trinta primeira pessoas que entraram no Cinema 2 da  Caixa Cultural recebessem um exemplar do livro Em Busca de Mim Mesmo. Os sortudos estavam assistindo o filme Pinta, apresentado às 17h10. 




Antes do filme, este blogueiro pôde dar uma rápida palavra sobre o livro e sobre o blog. Fico grato a todas as pessoas presentes pela calorosa recepção. 

Também tive a sorte de encontrar meu amigo Vinícius Rodrigues, que me convidou para assistir o filme Hi-Fi São Paulo no Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), às 20h10.  O diretor Lufe Steffen esteve presente e fez um breve comentário sobre a obra. Ainda na Caixa Econômica, encontrei os queridos Marcus Vinicius e Moisés Guimarães, dois vibrantes ganhadores. Só peço desculpa pelo garrancho da dedicatória que eles me pediram para escrever, porque tive que improvisar na saída. 

Ter encontrado Vinícius Rodrigues foi o que me fez seguir para para o CCJF, onde pude assistir  Hi-Fi São Paulo - extraordinário  documentário sobre a vida noturna paulistana nos anos 60, 70 e 80, através de entrevistas, fotos, fragmentos de jornais e documentos. 

Fiquei impressionado com a qualidade do resgate histórico, a sensibilidade, o bom humor, a saudade dos que já se foram ou que imigraram na trilha do sucesso ou do amor, o glamour, bem como a nostalgia daqueles dias purpurinados. 

O trailer abaixo dá uma breve ideia, mas não revela a grandeza do documentário. É preciso ver para entender. ;)

A audiência aplaudiu trechos do filme em diversos momentos e ovacionou efusivamente a obra quando o filme terminou. A entusiasmada plateia que lotava a sala de projeção do CCJF esperou até o último crédito para sair. 

Se você não pôde ver ou não soube da projeção, restam ainda duas oportunidades para ver o filme - ambas nessa sexta-feira, 11 de julho. Veja onde e quando, logo abaixo do trailer.

DICA: Na Caixa Econômica, você paga 4 reais (inteira) e 2 reais (meia).



ONDE ASSISTIR?


SÓ DIA 11 DE JULHO, SEXTA-FEIRA, EM DOIS ENDEREÇOS COM HORÁRIOS DIFERENTES:

CAIXA CULTURAL  1
Prédio da Av. Almirante Barroso, 
praticamente no Largo da Carioca
20h15 - LONGA 10 - São Paulo Em Hi-Fi

*****

ARENA CARIOCA DICRÓ
No Parque Ary Barroso - Penha
16h30 - LONGA 10 - São Paulo Em Hi-Fi

P.S.: Seria interessante que os produtores desse documentário fizessem DVD com extras do making of, que deve ter sido incrível.


Comentários