Laysa Menina - uma mulher transexual fazendo história

Laysa menina

A historiadora paranaense Laysa Carolina Machado, 42 anos, rasgou muito verbo nas últimas semanas. Latim não lhe faltou. Começou com o alarido em torno da arte-educadora Júlia Dutra, a primeira transexual a chegar à direção de uma escola no Rio de Janeiro. Depois veio o Oscar dado a Jared Leto no papel do transexual soropositivo em Clube de compras Dallas. Por fim, a cena roubada pelo biquíni selvagem da travesti Patrícia Araújo, no desfile da Mocidade Independente de Padre Miguel.
Não se furtou de nenhum desses debates, para surpresa dos que não entendem por que ela não se cala. Laysa guerreou todas as guerras, bem podia se atirar à rede, ir ao salão, fazer hora no supermercado. Está casada. É concursada. Tem uma carreira paralela, como atriz. Os novos documentos estão em dia. E fez história.

Comentários