Catálogo de Ofertas da Livraria Saraiva: Cadê a literatura com temática LGBT?


Saraiva: Cadê a literatura com temática LGBT?

Escrevo esse post no dia 28 de dezembro de 2013, sábado. Ontem, aproveitando meu recesso de final de ano, decidi dar uma volta pela cidade e visitar alguns pontos interessantes e descontraídos do Centro e da Zona Sul. Um deles foi a livraria Saraiva em frente ao Consulado dos EUA, na Av. Presidente Wilson. Eles têm uma pequena cafeteria que transforma qualquer momento numa oportunidade de relaxamento. O calor do lado de fora estava insuportável e o ambiente é refrigerado. Outro fator convidativo. 

Paguei quase onze reais num café expresso duplo + uma água mineral com gás, mas valeu a pena. Sossego não tem preço. Sentei-me e comecei a folhear o catálogo da livraria, cuja capa ilustra esse post (acima). 


Um teste de última hora


De repente, tive uma ideia. Decidi verificar quantos livros com temática gay, lésbica, bissexual ou transgênero eu encontraria no catálogo. Afinal, existem inúmeros títulos no Brasil e no exterior e, certamente, algumas dessas obras merecem estar num catálogo como esse. São livros de todos os gêneros: contos, crônicas, romances, ensaios, biografias, autoajuda, etc. E, para quem não costuma ler essas obras, vale lembrar que muito dessa produção não é de cunho erótico no sentido popular. Claro que existem obras voltadas para o prazer sensual, exclusivamente. Mas, não é esse material que eu tenho em mente quando me refiro ao catálogo da Saraiva, é claro.

Decidi dedicar-me ao garimpo. Vasculhei todas as páginas do catálogo que anunciavam livros. Sim, porque o catálogo também anuncia CDs, DVDs, jogos eletrônicos, etc.

Encontrei duzentas e vinte e duas (222) indicações de livros, mas se eu tivesse separado os packs ou as séries em unidades, o número seria ainda maior. 

Agora, sabem quantos livros com temática LGBT eu encontrei? 

UM (01)! Apenas um título! E mesmo assim porque era de autoria da cantora Daniela Mercury e da jornalista Malu Verçosa. O título e a capa não deixam dúvidas: Daniela e Malu: Uma História de Amor

Não só isso, mas o leitor ainda podia economizar um dinheirinho. O livro que costuma custar 29,90, sai agora por 26,90. Aos curiosos que tiverem acesso ao catálogo, o anúncio encontra-se na página 12. 

E isso é tudo! 


Há quem faça diferente


Mas nem todas as livrarias silenciam diante do tema. Enquanto a Saraiva ignorou obras de autores consagrados e best-sellers com viés LGBT, a Livraria Cultura, como eu já escrevi em outro post, dedicou várias páginas de sua revista oficial, a Revista Cultura, a um artigo sobre preconceito, especialmente homofobia e transfobia, dando uma verdadeira aula de cidadania e civilidade. Veja aqui o artigo (fotos lindas!).


Uma sugestão 


Bem, fica registrada nesse momento minha perplexidade diante do silêncio da Saraiva a respeito de obras que poderiam ser de grande utilidade e deleite para o público leitor, mas que ficaram de fora de seu catálogo, como de costume. Tomara que algo mude, pois foi graças a Daniela e Malu - e só graças a elas - que a literatura com temática sexodiversa teve 0,04% do espaço concedido a livros no catálogo. Seria muito mais justo que a literatura com tema gay, lésbico, bissexual e transgênero ocupasse, pelo menos, 5% do catálogo. De 222 livros, isso significaria onze. 

Melhor ainda se a livraria criasse uma página exclusiva no catálogo. Nesse caso, oito livros seria o número ideal, levando em conta a formatação de página adotada pela publicação. Seria fácil de localizar e fácil de ignorar - ao gosto do freguês. 

Então, fica a dica. ;)

Sergio Viula

Em tempo:

Recebi neste dia 02/02/14 a seguinte mensagem de um novo amigo holandês que está lendo EM BUSCA DE MIM MESMO:

De um novo amigo holandês, falando sobre EM BUSCA DE MIM MESMO (por e-mail hoje 02/01/14), veja tradução e logo abaixo o texto original em inglês: Antes de tudo, por favor, deixe-me expressar minha admiração por sua coragem em abertamente se retratar como um pregador evangelista que "cura homossexuais". Eu imagino que isso estatisticamente aconteça uma vez em um milhão de vezes, ou menos. A maioria das pessoas que entram num tal sistema de crenças, nunca sai de novo, e se [alguém] o faz, permanece em silêncio sobre isso. Sua fala a respeito desse processo deve ser extremamente valiosa para muitas pessoas. 

 ------------------------------------------------------- 

 Para adquirir EM BUSCA DE MIM MESMO, acesse: https://www.facebook.com/pages/Livro-de-Sergio-Viula-Em-Busca-de-Mim-Mesmo/332188216833888?

 ------------------------------------------------------- 

 First of all, please let me express my admiration at your courage to openly retract as an evangelist preacher who 'heals homosexuals’. I guess that statistically that happens only once in a million times, or less. Most people who enter such a belief system, never get out again, and if they do, they remain silent about it. Your speaking out about this process must be extremely valuable for many people.

https://www.facebook.com/pages/Livro-de-Sergio-Viula-Em-Busca-de-Mim-Mesmo/332188216833888?

Comentários

  1. Aqui em SP , a maior cidade do Brasil e uma das maiores da América Latina apresenta esta falha deplorável em ofertas de livros de temática LGHBTT ou relacionados. O mesmo se dá em relação a filmes. Somos obrigadas(os) a garimpar livros e filmes que nos interessam em outros lugares.
    Um bom ex é a Editora Malagueta que publica e vende vários títulos LGHBTT. Temos tb a Editora Metanóia. Existem graças ao trabalho e à boa vontade de suas proprietárias.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário, Ylena.

    Imagine no restante do país! :0

    Isso tem que mudar, mesmo que seja à força de produção independente, usando a internet. A Metanoia tem prestado um grande serviço realmente.

    Feliz 2014!

    Beijo,
    Sergio Viula

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.