HOMOFOBIA: Adolescente gay morto a tijoladas em Pernambuco

Via Edson Axé

ÓDIO HOMOFÓBICO FAZ MAIS UMA VITIMA EM PERNAMBUCO.



Eduardo Alves de Souza - 17 anos - Cabeleireiro -Morava sozinho
 ASSASSINADO COM VÁRIAS TIJOLADAS
 em São Lourenço da Mata. 

Adolescente é encontrado morto a tijoladas e sem roupas

Publicação: 31/10/2013 Diario de Pernambuco 

Um adolescente de 17 anos foi encontrado morto completamente despido no Centro de São Lourenço da Mata, no início da tarde desta quinta-feira (31). O corpo foi encontrado atrás de uma galeria em construção, na Rua Almirante Tamandaré. Ao lado da vítima, foram encontradas as roupas sujas de sangue.

Segundo a perícia, o adolescente foi morto com tijoladas na cabeça. Familiares do rapaz informaram que ele era homossexual e estava morando só desde o término de seu último relacionamento, há cinco meses. Atualmente, o adolescente fazia um curso de cabeleireiro. 

Ainda de acordo com os parentes, o rapaz não era usuário de drogas, mas havia aparecido em casa com um machucado dias antes de ser morto. Eles acreditam que o adolescente estava no local para encontrar com alguém.

Acompanhe também o Pernambuco.com pelo Twitter

Tags: são lourenço da mata homossexual adolescente pauladas pernambuco — com Eduardo Alves de Souza.


-----------------------------
COMENTÁRIO DESTE BLOGUEIRO

É inconcebível que se considere coisa de somenos importância a morte de alguém por ser quem é, especialmente quando se trata de um garoto como esse adolescente brutalmente assassinado. Estou profundamente entristecido por essa barbaridade. Como não sentir as entranhas se moverem diante de tamanha injustiça e crueldade?

DIGA NÃO A QUEM DIZ QUE NÃO HÁ HOMOFOBIA E TRANSFOBIA NO BRASIL.

DIGA NÃO A QUEM ROTULA A LUTA POR DIREITOS IGUAIS DE DITADURA.

DIGA NÃO A QUEM ACHA QUE SUA LÍNGUA TEM QUE TER MAIS DIREITOS DO QUE OS CORPOS E A MENTES DOS OUTROS.

Hoje mesmo saiu artigo de Moisés Guimarães na seção opinião do Jornal O Globo sobre homofobia.

Sexta-feira, anteontem (01/11/13), foi realizada uma mesa para discutir sexualidades, preconceito, religião na Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (Campus UERJ). A mesa está registrada aqui sem cortes, integral mesmo. Vale a pena assistir.


TODOS CONTRA A HOMOFOBIA E A TRANSFOBIA.

Comentários