GAL - Grupo de Apoio para Lésbicas


DIVULGAÇÃO






Helena Paix

Precisando de ajuda e conselhos?
Lembra que o GAL existe, tá? ^^

~~~~
O GAL – Grupo de Apoio para Lésbicas – é um projeto de ajuda mútua que nos é muito querido.

Atualmente Coordenado pelas queridíssimas Lorena e Mônica Oak, o GAL tem o formato de um grupo secreto no Facebook, e é um local onde administradoras(es) escolhidas a dedo (no momento: eu [Helena Paix], a Estela Freitas, a Del Torres, a Lorena, Sadie Lune, Claudia Iza, Rachel Teles, Márcia Rocha,Paulo Prospero Prospero e a Vanini Lima) prestam apoio e conselhos para lésbicas que estão passando por problemas relativos à sua homossexualidade.

Em especial, focamos nas problemáticas relativas à não aceitação por parte das famílias ou quando você mesma tem dificuldade de se aceitar como homossexual.

> COMO PARTICIPAR DO GAL:

Para manter o objetivo a que o GAL se propõe – que é dar, de fato, apoio a quem precisa – para ser aceita no grupo secreto é necessário que você nos conte sua história DETALHADAMENTE.

Além disso, é preciso que você nos diga POR QUE você acha que é importante que você faça parte do GAL.

Ao recebermos o seu email com sua história detalhada e razão de entrada no GAL, seu caso será debatido pela equipe para conseqüente aprovação ou não no grupo.

-> Os emails devem ser enviados para: grupodeapoiogal@gmail.com

É essencial que você entenda que, uma vez aceita no grupo, TUDO o que for dito lá dentro FICA LÁ.

É TOTALMENTE PROIBIDA A DIVULGAÇÃO, CÓPIA OU REPRODUÇÃO DE QUALQUER CONTEÚDO POSTADO NO GRUPO.

Só serão aceitas no grupo aquelas que forem aprovadas pelas administradoras.

Aquelas que se encontram vivenciando problemáticas acerca de sua homossexualidade, por favor, fiquem à vontade para nos escrever.

Um abraço grande e estamos com vocês!

OBS: NÃO SERÃO ACEITAS HISTÓRIAS ENVIADAS PELO FACEBOOK! Escrevam para: grupodeapoiogal@gmail.com




----------------



Comentários

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.