Consciência Negra e Negros em Sã Consciência




Dia 20 de novembro é feriado no Rio de Janeiro. É dia de Zumbi dos Palmares, dia da Consciência Negra. 


Dia de lembrar do êxodo forçado de milhões de negros cruelmente transportados e mantidos cativos em terra estrangeira.


Felizmente, graças à capacidade de superação daqueles negros e de seus descendentes, o Brasil tornou-se um país mais diverso etnicamente e culturalmente. 


Meu xará Sergio, só que Loroza, disse muita coisa apropriada no programa Encontro com Fátima Bernardes hoje. Uma delas foi: "Não conquistamos o bastante, mas conquistamos bastante; e é isso que devemos celebrar." 


Concordo plenamente com ele. 


Como o Blog Fora do Armário é prioritariamente um blog para falar de sexodiversidade, aproveito o momento para homenagear os negras lésbicas, os negros gays, os/as negros/negras transgêneros, os negros bissexuais e os negros heterossexuais. 


Por quê? 


Porque tudo isso é humano! Tudo isso é negro! Tudo isso é lindo!


Negros em sã consciência sabem que toda forma de amor é válida. Sentiram na própria pele o contrário disso.


A homossexualidade sempre esteve presente no continente africano e ainda hoje, apesar de toda perseguição fundamentalista desencadeada pela pregação da religião do dominador, eles resistem bravamente às tentativas de castração de sua identidade e/ou orientação sexual.


Que os negros do Brasil digam não a toda forma de opressão. 


Que os não-negros aprendam a respeitar e celebrar as diferenças que nos tornam tão mais interessantes do que aquela existência monocromática que tentam nos impor os inimigos da liberdade, da igualdade e da fraternidade.


Lésbicas


Gays


Transgêneros


(Aqui, um homem transgênero e uma mulher cis. Diversas outras combinações são possíveis: mulher transgênero e homem cis, duas mulheres transgênero, dois homens transgênero, etc.)


Heterossexuais


NOTA: PROCUREI EXAUSTIVAMENTE UMA FOTO QUE REPRESENTASSE UM CASAL NEGRO BISSEXUAL, MAS NÃO ACHEI. NÃO É QUALQUER FOTO. É UMA FOTO COM A MESMA PROPOSTA DAS FOTOS ACIMA. SE ALGUÉM ACHAR, INDIQUE. ;) SERÁ UM PRAZER COLOCA-LA AQUI.


Aliás, aproveito para dizer que os negros LGBT ainda estão muito tímidos. O que mais se vê na internet é foto de gente considerada branca ou parda em cenas românticas. Difícil encontrar pessoas negras na mesma profusão. Não me refiro a fotos pornô. Essas existem aos montes numa ou outra 'raça'. Refiro-me às representações de ternura no dia-a-dia: beijo na boca, abraço, cafuné, deitar no colo, etc.


Não há representatividade quando a gente não se coloca com ousadia e orgulho. Precisamos de mais negros LGBT se colocando orgulhosamente por aí. É duro, eu sei. São três frentes de preconceito: 'racial', 'sexual' e de 'gênero'. 

Mas vocês são guerreiros e guerreiras. ;)

Eu quis dar visibilidade aos casais exclusivamente negros nas fotos, mas fica aqui também meu incentivo aos casais chamados 'inter-raciais', ou seja, aqueles em que um(a) parceiro(a) é negro(a) e o(a) outro(a) não é.

Uma boa lição dos irmãos e irmãs LGBT negros norte-americanos:


Placa: Negros gays aqui para ficar - Dia de Harvey Milk
*gay para os americanos e europeus compreende tudo o que é sexodiverso


Comentários