Pular para o conteúdo principal

RÚSSIA: Museu do Erotismo é fechado por exibir um quadro com Obama e Putin Cacetudos

Polícia confiscou o quadro e fechou o Museu do erotismo, onde a obra estava exposta
Foto: Reprodução

O site Terra, com notícias da AFP,  divulga mais um abuso do governo russo em sua cruzada contra  a liberdade. O Museu do Erotismo, em São Petersburgo foi fechado por exibir um quadro em que Obama e Puting, presidentes dos Estados Unidos e da Rússia, aparecem com órgãos sexuais enormes. 

Museus relacionados ao erotismo e ao sexo são bastante comuns na Europa. Em Amsterdã existe um museu literamente voltado para temais sexuias - o que é diferente do erótico. Emanuel chegou a visita-lo. Eu não pude ir com ele, porque, apesar de estar em Amsterdã, tinha reunião de trabalho naquele momento. Ele me disse que adorou a visita.


Muito antes desse episódio, no Brasil, o CCBB do Rio de Janeiro, apresentou a mostra "Erótica - Os Sentidos na Arte", que ficou em exibição de 20 de fevereiro a 30 de abril de 2006. Eu fui conferir e adorei cada centímetro. ;) Foram mais de cem obras, entre desenhos, gravuras, pinturas, esculturas, fotos, vídeo, instalação e objetos arqueológicos, sem privilegiar qualquer orientação sexual. Estavam todas ali, indiscriminadamente, nas obras de Rodin, Ismael Nery, Eric Fischl, Eliseu Visconti, Edgard de Souza, Nan Goldin, Pablo Picasso e Rosangela Rennó, entre outros.


Uma peça causou uma certa polêmica, graças ao julgamento obtuso de algum católico com acesso ao poder eclesiástico, que conseguiu mobilizar as autoridade e obrigar os curadores à retirada do objeto. Isso, sem dúvida, já foi uma agressão à liberdade que a própria exposição queria pensar/sentir/discutir, mas não levou ao fechamento da exposição e muito menos do CCBB. Digo isso para que percebam o absurdo da 
Clique na imagem para saber mais sobre esse protesto

violência em que a intervenção governamental russa sobre aquele espaço de arte se constitui. Eles já haviam lacrado o Museu do Poder, semanas antes, depois que este exibiu quadros que mostravam Putin e o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, usando lingerie.

O fechamento do Museu do Erotismo se dá um dia antes da reunião do G-20. E, segundo o Terra, a polícia foi alertada pelo mesmo deputado que criou a lei anti-LGBT que vem gerando vários constrangimentos e sofrimentos para a população LGBT da Rússia, bem como de qualquer heterossexual que manifestar seu apoio a ela. O deputado responsável pela lei que tem deslanchado essa caça-às-bruxas chama-se Sr. Vitali Milanov.




-------------------------




NO PRÓXIMO DOMINGO, 08 DE SETEMBRO DE 2013

Protesto em frente ao Consulado Russo.



CONCENTRAÇÃO NA PRAIA COM JARDIM DE ALAH ÀS 14H!
SEGUIREMOS PELA DELFIM MOREIRA ATÉ O CONSULADO.


Veja a página do grupo que está organizando o protesto:


OBSERVAÇÃO:

Coincide com a 6ª Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa, que acontecerá às 11h no Posto 6 - Copacabana.

Eu estarei nos dois. Vou marcar presença na caminhada e depois seguirei para a praia , altura do Jardim de Alah, no Leblon,  para a manifestação contra a lei anti-LGBT Russa. 

CONVIDO VOCÊ A FAZER O MESMO, QUERIDO/QUERIDA LEITOR/LEITORA DO FORA DO ARMÁRIO.

Será um domingo inesquecível!

CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA LGBT NA RÚSSIA:

http://www.foradoarmario.net/2013/08/historia-lgbt-na-russia-um-wiki.html

Comentários