Chamada de 'macho', skatista sofre agressão de árbitro em praça de SP

16/08/2013 13h42 - Atualizado em 16/08/2013 14h42

Chamada de 'macho', skatista sofre 


agressão de árbitro em praça de SP

A paulista Ana Paula Araújo é agredida por André 'Hiena' Ribeiro depois de uma discussão. A atleta espera agora o resultado do exame de corpo de delito

Por João Gabriel Rodrigues e Juliana VicenteSão Paulo e Rio de Janeiro

682 comentários




O ataque veio de onde Ana Paula Araújo não esperava. Na noite do último dia 3 de agosto, a skatista e engenheira conversava com amigos na Praça Roosevelt, no centro de São Paulo, quando se viu em meio a uma discussão com André “Hiena” Ribeiro, também atleta e árbitro da Confederação Brasileira de Skate (CBSK). Ao elogiar a namorada dele, Ana Paula foi chamada de “macho” e atingida com um skate no rosto. A esportista, que prestou queixa na sequência, ganhou o apoio de internautas, que divulgaram a imagem da atleta com os ferimentos nas redes sociais.
Imagem de Ana Paula Araújo tem circulado pela
internet (Foto: Reprodução/Facebook)
A confusão teria começado quando Hiena chamou Ana Paula de “macho” por olhar para os seios da namorada de um outro skatista. A paulista admitiu e fez elogios à moça: “Claro, a ‘mina’ é ‘mó’ bonita, mas nem por isso sou macho. Apenas não tenho vergonha de falar que uma ‘mina’ é bonita”. André seguiu seu discurso e a ameaçou: “Fala da minha ‘mina’ para você ver”.  Ana Paula respondeu:
- Cara, você quer zoar, zoa aí, mas sua “mina” é “mó” gata também. Tem até uma cinturinha fina – afirmou.
Foi quando Hiena perdeu o juízo. Primeiro, deu um tapa na cabeça de Ana Paula. Depois, golpeou o rosto da skatista com seu skate. Ela foi ajudada por amigos que estavam no local e, na sequência, foi levada para o hospital pela Guarda Municipal. Em contato com o GLOBOESPORTE.COM, Ana Paula pediu para não comentar o assunto, repassando o caso para sua advogada, Alessandra Jirardi.
- Nós abrimos um boletim de ocorrência na delegacia da mulher, ela passou por exame de corpo de delito e o resultado deve sair por volta de 30 dias. Mas nem vamos aguardar o resultado porque é visível a agressão que ela sofreu. Vamos instaurar uma queixa-crime contra ele para que seja processado e condenado por injúria e lesão corporal. O que ele fez foi uma injúria, ela não é homossexual. Apenas se veste de forma mais masculinizada por causa do esporte, com bermudas e camisas largas e com o cabelo preso. Ela é heterossexual, mas mesmo que não fosse, ele não teria o direito de fazer o que fez – disse a advogada.
André Hiena se defendeu em sua página no Facebook. Afirmou que havia bebido no dia e que perdeu a cabeça. Além disso, garantiu não ser homofóbico.
- Foi em um momento em que estávamos todos bebendo, já estávamos todos alterados, começou com brincadeiras que levaram a discussão, não tive controle e nem noção que causaria. Eu me senti ofendido pelo que ela me disse e acabei causando um grande problema. (...) Não sou homofóbico, pelo contrário. Sei o quanto errei, o quanto fui prejudicado e o quanto magoei as pessoas. Se um dia puder pedir perdão a Paula, pessoalmente farei isso – afirmou.
A declaração do agressor, André Hiena skatista Ana Paula Araújo (Foto: Reprodução / Facebook)A declaração completa de André Hiena em sua página no facebook (Foto: Reprodução / Facebook)
Mas, ao ser atacado nos comentários, André retirou o pedido de desculpas de sua página no Facebook nesta sexta-feira. A CBSK também usou a rede social para se dizer contra a atitude do skatista. Confira o comunicado oficial da entidade.

"A Confederação Brasileira de Skate (CBSk) vem através desta nota repudiar quaisquer atos de violência.
A CBSk não concorda e não compactua com o ocorrido na Praça Roosevelt em S. Paulo (SP) envolvendo o skatista e juiz profissional André Ribeiro Ervolino, conhecido como André Hiena.
A Confederação esclarece ainda que o lamentável episódio não aconteceu durante algum campeonato oficial ou oficializado pela entidade, e que, portanto, ele não estava a serviço da CBSk e muito menos representando a entidade.
Informamos que devido ao triste fato, a CBSk suspenderá a atuação do André como árbitro nas duas primeiras etapas do Circuito Brasileiro de Street Profissional 2013 que acontecerão no Ceará e para as quais ele estava previamente escalado.
Atenciosamente.
Confederação Brasileira de Skate (CBSk)."

Comentários