Protesto Transfeminista e LGBT - Beijaço durante a visita do Papa



Sergio Viula dando sua contribuição para o beijaço (Jesus interpretado por Rafucko)


João Pedro, o jovem que teve a ideia de organizar a manifestação, diz que ficou impressionado com a repercussão: 2.200 pessoas confirmaram presença no grupo no Facebook (http://www.facebook.com/events/124557411040017/). Segundo ele, 40 a 50 pessoas participaram de reuniões para planejar a ação.

Além da manifestação Transfeminista e LGBT, que você poderá conferir no vídeo, a intenção do grupo era juntar-se a outros grupos sociais que se manifestariam diante do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro.

Segundo João Pedro, a principal razão para a manifestação diante da igreja no Largo de São Francisco é a desconexão entre o discurso da Igreja e a realidade. Ele destaca os discursos incentivadores de ódio, tais como alegar que o casamento entre pessoas do mesmo sexo ameaça a humanidade, falar contra a camisinha, especialmente durante a visita do papa à África, continente campeão em número de casos de HIV-Aids, a insistência papal em querer controlar o corpo das mulheres, especialmente em relação aos direitos reprodutivos, e por aí vai.

João Pedro Accioly (organizador entrevistado) no centro

Os primeiros cartazes pintados ali mesmo no Largo do Machado



Beatriz Pimentel antes...

...e depois










Comentários