Casamentos Gays acontecerem na Igreja Cristã há aproximadamente 2.000 anos

Casamentos Gays acontecerem na Igreja Cristã há aproximadamente 2.000 anos


O livro do historiador John Boswell sobre as raízes do casamento gay, Same-Sex Unions in Premodern Europe, é publicado pela primeira vez em formato digital no mês que vem. O 'timing' parece perfeito na esteira do sepultamento do DOMA e da Proposição 8 (nos EUA), apesar de Bowell ter morrido de complicações decorrentes da AIDS, ele previu esse dia momentoso.

O autor Annalee Newitz descreve  Boswell, um erudito de Yale e religioso católico, assim como seu trabalho no site i09. Newitz recorda como Boswell dedicou a maior parte de sua vida acadêmica à pesquisa sobre o final do Império Romano e sobre a iniciante Igreja Cristã, destacando algumas descobertas notáveis:
Houve dezenas de registros de cerimônias da igreja, nas quais dois homens foram unidos, que usavam os mesmos rituais que os casamentos heterossexuais. (Ele quase não encontrou registros de uniões lésbicas, o que é provavelmente um produto da cultura que mantinha registros sobre as vidas dos homens, geralmente.)
As pobres lésbicas — sempre caindo no figurado, por falta do literal. De qualquer modo, Boswell argumentou que a Igreja tentou varrer essas uniões entre pessoas do mesmo sexo para baixo do tapete sagrado  — o que soa famiiar — no século 13, dizendo "ser com o propósito de procriação," como os conservadores gostam de sonoramente nos lembrar vez após vez.. Mas se a Igreja  —  para não mencionar o Oxford Dictionary — pôde redefinir o casamento, o que estaria errado em fazê-lo de novo?

As uniões, Newitz destaca, não necessariamente se encaixam na definição de casamento que temos hoje. Tabus contra a hommossexualidade, que é relativamente novo como construto social (o amor que não ousava dizer o nome até o século 19), bem como o propósito original do matrimônio  — divisão de riqueza/terra — tem mudado ao longo do tempo. Mas muitas dessas uniões na pesquisa de Boswell envolviam o amor entre duas pessoas do mesmo sexo, que eram por sua vez consagrados pela Igreja Cristã.

Então, da próxima vez que alguém resmungar sobre a redefinição do casamento, educadamente faça essa pessoa lembrar que a cada cem anos ou coisa parecida, instituiões ancestrais gostam de ser sacudidas um pouquinho.


A história toda em inglês aqui:

 http://www.queerty.com/same-sex-unions-2000-years-ago-church-20130730/#ixzz2aXP7JIkI

Comentários