Fotos da Festa Escandaliza em São Paulo




Um dia antes da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, a Editora Escândalo realizou um linda festa para celebrar a literatura com temática sexodiversa. A festa aconteceu no dia 01 de junho no Telstar Hostels na Vila Mariana. Todos os livros da Escândalo estiveram disponíveis para aquisição. Além disso, a editora lançou novos títulos, entre eles a coletânea de contos LOVELESS

Veja algumas das fotos do evento, mas não deixe de conhecer as obras já publicadas.


Saiba mais sobre como
adquirir o seu exemplar aqui.












VEJA MAIS SOBRE ESSA FESTA AQUI:

http://editoraescandalo.com/site/escandaliza-sao-paulo-2013/


As realizações desses dois anos de Escândalo nas palavras de Giselle Jacques, responsável por essa iniciativa:



A Primeira Vez...

Quando penso nesse tempo todo de sonhos e construções, de intenções e utopias, de batalhas e recompensas, me vem à mente uma quase noite insólita (faz um ano apenas), quando eu vi – literalmente – meu maior desejo acontecer diante de meus olhos parvos. Bonito isso, né? Olhos parvos! Quem já convive comigo há tempos, sabe. Eu sempre afirmei: “Quero ver um estranho completo, em alguma feira, comprando um livro meu. Essa é minha meta literária. Nada mais quero, só isso.”Roberto Muniz Dias , meu absoluto amor, estava presente, é minha testemunha. Aconteceu num Sarau na Casa das Rosas, São Paulo, em 2012. Nada no mundo vai superar aquela sensação (criativamente falando). Foi quase como ser mãe outra vez!

Depois disso, achei que minhas aspirações literárias seriam meramente ocasião, trivialidade autografada. Estava enganada. Redondamente!!! Descobri o poder e a responsabilidade de ser editora. De ser aquela que dá aos colegas escritores a chance de sentir o mesmo furor autoral. E pude presenciar essa emoção primordial faz poucos dias. Também em São Paulo, terra dos sonhos do meu coração.

E foi nessa vibração escandalosa que encaramos mais esse desafio: uma festa nossa, só nossa!!! Com a presença dos amigos queridos Anita Costa Prado, Alexandre Calladinni e Occello Oliver. E mais que nós, até, pude ver o milagre literário acontecer!

Eu estava por perto quando um bando de meninos contistas invadiu essa tal certa festa, escandalosamente literária! Tive o privilégio, inclusive, de recebê-los, um a um, com um abraço apertado e um cálice de tinto. Chegaram encolhidos, arredios, reticentes, sorridentes. Chegaram anônimos, saíram estrelas!

Vi acontecer aquele brilho, aquele tremeluzir, aquele assinar amedrontado! É disso que quer falar. Quero contar do primeiro autógrafo. Quero descrever como me fez plena o rubor rosado das faces adolescentes de Ben Oliveira (que estava da cor da camiseta, e eu ainda não acredito que ele seja maior de idade!), o tremer de mãos de Felipe Moreira, o hesitar cheio de estilo de Italo Damasceno e Roberto Maty. A pose de absoluta seriedade da Raposa Tales Gubes! A singularidade reticente de Rodrigo Adriano Machado (nosso Homossilábico!). O sorriso tanto tímido quando vaidoso de nossos baianos Marcio Lima e Luciano Cilindro de Souza (meu amigo precioso de todas as lamúrias). E por falar em timidez, Daniel Manzoni deu um show de acanhamento, tão grande quanto ele próprio!

Tudo isso foi tão primoroso, tão único! Sou eu a privilegiada, meus novos autores, meus novos meninos! Sou eu que tenho de agradecer a confiança de cada um e a alegria estampada em cada rosto. Por vocês, hoje, eu me faço ainda mais editora que autora. Por vocês, minha arte se expande e se torna mais do que meras linhas no papel em branco. Obrigada por tornarem real mais este sonho.

Sou mais que grata a todos vocês, Roberto, minha metade; Alexandre Melo eWanderson Wans, meu espírito renovado; Marli Porto, minha mais que amiga; meus eternos Loveless! E primando também por aqueles que nao puderam estar consco nessa noite mágica: Eduardo Bravo, Cicero Edinaldo, Sergio Viula. Partir é triste, mas nos veremos todos em breve, tenho certeza! E escandalizaremos ainda mais! — comRodrigo Adriano Machado, Italo Damasceno, Daniel Manzoni de Almeida, Tales Gubes Vaz, Alexandre Calladinni, Ben Oliveira, Anita Costa Prado, Roberto Maty, Luciano Cilindro de Souza, Occello Oliver, Alexandre Willer Melo, Felipe Moreira, Marcio Limae Roberto Muniz Dias.

Comentários