Polícia já identificou o assassino do jovem gay morto segunda-feira passada em São Gonçalo





Polícia identifica hoje a noite autor de assassinato de jovem gay em São Gonçalo
 
O Superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos Cláudio Nascimento acabou de receber telefonema do delegado da 74ª DP Dr. José Veloso informando a ele que já foi identificado agora a noite o autor do assassinato do jovem homossexual Eliwellton da Silva Lessa, de 22 anos, na madrugada de segunda-feira, 29.

O nome do acusado do crime é Hélio Galdino Vieira, de 38 anos. O delegado pediu a prisão preventiva do acusado por homicídio qualificado e aguarda para as próximas horas decisão do plantão judiciário. Amanhã serão disponibilizados o retrato falado e a foto do acusado de ser o autor deste crime homofóbico.

O jovem gay Eliwellton (foto anexada) foi atropelado três vezes, depois de discutir com um motorista de van, que o chamou de "viado".

Para Cláudio Nascimento, que também é coordenador do programa estadual Rio Sem Homofobia, “essa notícia é um alento para todos nós, mas especialmente para a família e os amigos de Eliwellton, que sofre com a perda de seu ente querido por causa de homofobia e que pedem justiça. Esse foi um crime bárbaro de ódio homofóbico que chocou a todos nós. Pude acompanhar de perto o trabalho do delegado Veloso e a sua equipe. Ele está muito empenhado na investigação. O próximo passo será chegar até o acusado de ser o autor dessa barbaridade odienta. Amanhã vamos divulgar amplamente o retrato falado.”

O superintendente Cláudio Nascimento e o presidente do Grupo Liberdade Well Castilhos estiveram por toda tarde em São Gonçalo acompanhando a situação.

Para informações que possam ajudar na apuração deste crime ligue para o Disque Cidadania LGBT-RJ 0800 0234567 ou para outras denúncias de homofobia e busca por informações sobre seus direitos. O serviço é 24 horas.

Comentários