Vídeo mostra pastor Marco Feliciano pedindo senha do cartão de fiel

Vídeo mostra 
pastor Marco Feliciano 
pedindo senha do cartão de fiel



‘Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale’, diz indicado para presidir Comissão de Direitos Humanos da Câmara





RIO - Em vídeo que circula pelas redes sociais, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), indicado para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, recolhe doações de fiéis da Assembleia de Deus, na Catedral do Avivamento, sua igreja. Feliciano aceita doações de motocicletas, pede cheques, dinheiro e anuncia recompensas divinas. Em determinado momento, com um cartão na mão, ele diz:

- É a última vez que eu falo. Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale. Depois vai pedir o milagre pra Deus e Deus não vai dar e vai falar que Deus é ruim.

Logo em seguida, um fiel tetraplégico anuncia que vai doar R$ 1.000. O pastor, então, diz:

- Ele veio como murmurador. Vai voltar como o homem mais abençoado da festa. Eu ainda vou pregar com você por aí, garoto.

As cenas de recolhimento de dinheiro prosseguem. Marco Feliciano afirma que R$ 500 é o suficiente:

- Tem mais (dinheiro) aqui na frente? Glória a Jesus! - diz ele, pegando um cheque - Deixa eu ver o sobrenome dele? Feliz de Souza (risos). Mais um (cheque). Amém, amém. Tem gente que diz: 'Pastor, pastor, R$ 1.000 eu não aguento’. Traga R$ 500. Você só não pode é perder a benção. Quem crê dá um jeito.

Fonte: O Globo


-----------------

COMENTÁRIO DESTE BLOGUEIRO


Assine essa petição. Manifeste-se contra essa violação de todos os princípios éticos que deveriam caracterizar um parlamentar.




Na manhã desta quinta-feira, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara votará para confirmar ou rejeitar a eleição do deputado-pastor Marco Feliciano para sua presidência.

Assine agora e peça que os deputados e deputadas votem NÃO.


















ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE A ELEIÇÃO DE MARCO FELICIANO PARA A PRESIDÊNCIA DA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS DA CÂMARA. VEJA ABAIXO:



POLÍTICA
07/03/2013 - 10h55

Presidente da Comissão de Direitos Humanos renuncia e se retira de reunião

O deputado Domingos Dutra (PT-MA) acaba de renunciar ao cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias e de se retirar da reunião, antes da eleição do novo presidente do colegiado.


Ele se recusou a comandar a eleição sem a participação dos movimentos organizados que estão impedidos de entrar na sala da comissão. A reunião ocorre fechada por determinação do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves.


Saíram com Dutra diversos deputados que são contrários à eleição do indicado pelo PSC, deputado Pastor Marco Feliciano (SP).


Comentários