Rainha Elizabeth endossa os direitos LGBT

Em ato histórico, Elizabeth II 
defenderá direitos dos gays

Texto originalmente publicado em REDETO.

09/03/2013 21h55 | Atualizado em: 09/03/2013 22h24


Divulgação
REDAÇÃO da REDETO



A rainha da Inglaterra, Elizabeth II, irá realizar neste domingo, 10, uma promessa histórica em defesa dos direitos gays e da igualdade gênero. 

Em um programa de televisão ao vivo, a rainha vai assinar um documento em que se compromete a combater a discriminação contra as pessoas homossexuais e promover o "empoderamento" das mulheres.

Em sua primeira aparição pública desde que foi internada por conta de um problema estomacal, a Elizabeth II vai assinar a nova Carta de Commonwealth (Comunidade de Nações), explicando seu compromisso para com ela.

É a primeira vez que a rainha sinaliza claramente o seu apoio aos direitos gays em um reinado de 61 anos.

A carta, apelidada de '21st Century Commonwealth Magna Carta ', declara: "Fazemos implacável oposição a todas as formas de discriminação, seja enraizado no sexo, raça, cor, credo, convicções políticas ou outros motivos".

Um porta-voz do Palácio de Buckingham disse que a rainha está endossando uma decisão tomada pela comunidade. "A Rainha não tem um ponto de vista pessoal sobre estas questões. Posição da Rainha é apolítico, como é em todos os assuntos deste tipo", afirmou. 

Com informações do Daily Mail

Comentários