PT tira o reto da reta

Sergio Viula: "Nas próximas eleições para presidente, essa será minha imagem predileta."
 
Tem gente que ainda ousa dizer que o PT é aliado da causa LGBT, mesmo depois de toda a omissão de Dilma e dos líderes do partido. Só falta dizer que o PT fundou o MHB (Movimento Homossexual Brasileiro). Apresentem local e data. Basta de balelas! Movimento tem  causa e não partido!
 
Sem essa de querer acorrentar a tudo e todos, e cair no ostracismo, visando interesses de grupos políticos e, principalmente, interesses pessoais.
 
Mesmo em governo de ampla aliança conservadora, nada justifica que a presidente Dilma, que é do PT, fique cega, surda e muda!
 
Dilma é pessoa pública, pode sim se manifestar. Não está interessada, porém, em perder "milhões" de votos de evanjegues por supostos 10% de LGBTs.
 
Enquanto Barack articula apoio ao casamento gay nos EUA, Dilma veta kit anti-homofobia, para mais de seis milhões de estudantes da rede pública; veta kit/Aids; e não articula a votação/aprovação da PLC 122 (mesmo tendo maioria no congresso). Fez sim, a II Conferência Nacional LGBT, que morreu na praia (Conferencia de papel).
 
A ex-marxista Dilma, agora amarga o fantasma da inflação, apresenta um PIB mixo, inclusive atrás de países menos expressivos, faz a lição de casa do capitalismo, como demonstra a privatização de portos, aeroportos e sabe-se lá mais o que. Língua falou, cu pagou. Falaram tanto da privataria tucana...
 
A patrulha fuleira de quinta, que recebe salários em cargos públicos, não nos intimida e nem tão pouco nos representa. Não precisamos de líderes. Podem ameaçar, perseguir, conchavar, juntar e quebrar "correntes"(são mestres nisso) mas não irão apagar a história e desconstruir a realidade.
 
Hoje muitos partidos tem o vetor LGBT; não é exclusividade, não é bandeira de ninguém. Como negros e índios já não o são, pois não adianta levantar bandeira em nome dos negros, se pouco se faz por eles. Veja o caso das demarcações/"legalização" dos ex-quilombos. Quantos foram demarcados até agora nesse governo?
 
E a "nação" índigena, composta de várias etnias? Uma vergonha! A polícia a mando do governo, expulsa o genuíno brasileiro de suas terras para instalação de hidrelétricas – energia suja. Suja em todos os sentidos, principalmente ambiental e financeiro, pois é melhor pagar grandes empreiteiros do que investir em alternativas mais ecológicas... É o jogo imundo do toma lá da cá! Sem falar na tão bradada reforma agrária, que Lula prometeu que ia fazer e acontecer! O governo neo-liberal de FHC (mesmo podre em ideias) desapropriou muito mais; que os governos de Lula e Dilma juntos!
 
Agora na onda  da  copa, estádios tiveram seus valores de construção superfaturados, enquanto a prioridade que deveria ser saúde e educação – e não esse ópio – continuam em segundo plano.
 
Outra lástima é que a "mãe" do PAC abandona os seus filhos. Milhões são pagos às construtoras (dinheiro nosso/não do governo), as quais constroem prédios prontos para desabar, casas idem.
 
Dilma diz que se devem tomar medidas drásticas quando das encostas que deslizaram e soterraram tantos em Petrópolis, mas essas medidas deveriam ser tomadas contra as construtoras, afinal o dinheiro é público e deve ser bem administrado. E os milhões que foram para Petrópolis que o governo federal liberou, mas os "gatos" comeram, vão ficar por isso mesmo? Não cabe ao governo acionar a justiça para reaver tantos milhões? Onde fica a competência com a gestão do patrimônio público?
 
O que Dilma não pode é acender uma vela para deus (hoje os evanjas) e outra para o diabo (hoje LGBTs). Nós diabos, assistimos atônitos às desgraças que se sucedem. Antes (durante a campanha eleitoral) éramos deuses e os evanjas diabos (fizeram a fogueira "santa"). Lembro-me o quanto tivemos que "rebolar", não na boca da garrafa, mas para convencer o eleitor que Dilma era a melhor candidata. Enquanto os diabos do passado, e hoje deuses de "milhões" de votos, queimavam a "bruxa" com adjetivos: Sapatona, incompetente, assassina, ladrona de cofre, terrorista, cara do cão, comedora de criancinha, mãe do aborto, e outros. Nós, os "veadinhos" e "sapinhas", fazíamos front. E dai? Quem se fodeu? Nós! Basta vermos do que os fundamentalistas têm se apoderado nesse governo, enquanto nós só levamos fumo! E para fatos não existem argumentos!
 
Desejo boa páscoa aos militantes que têm trabalhado seriamente pela inclusão, pela igualdade. Quanto à pelegada, que comam os ovos do ninho do jegue!
 
Abraços,
Valdimário Beltrão
Militante histórico do PT

Comentários

  1. A nossa presidenta também pode fazer a diferença. Eu espero que ela também chegue à conclusão de que é necessário afirmar publicamente sua convicção sobre os nossos direitos que, de certa forma, são também os dela, os de todas e todos. A história vai reconhecer a coragem daquelas e daqueles que arriscaram para acabar com a injustiça e fazer desse mundo um lugar melhor para se viver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que isso aconteça, Camila. E se acontecer, terei prazer em publicar aos quatro ventos que justiça finalmente foi feita à população LGBT do Brasil.

      Obrigado pelo comentário.

      Abração.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.