NOTA DE REPÚDIO DA EXECUTIVA NACIONAL LGBT DO PSB




NOTA DE REPÚDIO 
DA EXECUTIVA NACIONAL LGBT DO PSB



Prezad@s Companheir@s Socialistas,


A Executiva Nacional LGBT do PSB vem, por meio desta nota, repudiar a indicação do nome do Deputado Pastor Marco Feliciano (PSC) para a Presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal.

Considerando que o PSB é um partido de esquerda e socialista e que ao longo dos últimos anos deu passos largos no que concerne à defesa das minorias, levando em conta toda a sua trajetória de luta contra todas as formas de opressão e discriminação e, ainda, levando em conta o posicionamento e as declarações de cunho racista e homofóbico por parte do Deputado Marco Feliciano, entendemos que os Parlamentares Socialistas devem votar contra a indicação do nome desse parlamentar para a Presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, pois tal indicação e eventual eleição representa um retrocesso de grandes proporções para os segmentos sociais que militam na defesa dos Direitos Humanos e da cidadania das minorias.

De igual maneira, o Movimento LGBT Socialista do PSB questiona a indicação do Deputado Pastor Eurico/PSB-PE para a composição da Comissão de Direitos Humanos, na cota do PSB, considerando o fato de que suas falas e posicionamentos poderão se tornar um óbice quando da apreciação de temas polêmicos, temas estes defendidos pela militância e pelos segmentos sociais do PSB, quer sejam as bandeiras do LGBT, das Mulheres ou da Negritude. Por fim, considerando que há, entre os quadros de parlamentares do PSB, diversos simpatizantes da luta destes movimentos sociais, pedimos a indicação de outro Parlamentar para a composição da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal.



Saudações Socialistas,

EXECUTIVA NACIONAL LGBT DO PSB

Comentários