ÓPERA - Espetáculo encenado pela companhia Coletivo Angu de Teatro

Fonte da foto: Globo Teatro

ACABO DE SER AVISADO PELO FÁBIO CAIO - INTEGRANTE DA COMPANHIA - QUE HAVERÁ PRÉ-ESTRÉIA NESSA QUINTA, DIA 03 DE JANEIRO. QUEM PUDER, APAREÇA LÁ.

O espetáculo Ópera tem estreia marcada no Teatro Glauce Rocha para o dia 04 de janeiro, 19h. Esse é mais um imperdível trabalho da Companhia Coletivo Angu de Teatro, sediada em Recife. O nome do projeto é Visões Coletivas, porque inclui outros coletivos convidados do nosso imenso Nordeste. Ópera estará em cartaz no Teatro Glauce Rocha, aquele que fica na Av. Rio Branco, em frente ao metrô da Carioca e ao Edifício Central, a partir do desta primeira sexta-feira do ano. O homoerotismo é tratado com muito carinho e, claro, humor, mesmo que ácido em alguns momentos.


O espetáculo é baseado em textos inéditos de Newton Moreno e traz quatro histórias que são trabalhadas de forma diferentes, radionovela , fotonovela , telenovela e por ultimo uma ópera  - abrindo espaço para um tema nunca tratado por estes tradicionais meios de comunicação.


No espetáculo Angu de Sangue, a Companhia encerrava a apresentação com uma homenagem a um grande artista pernambucano - o Pernalonga - numa cena que também apresentava o filme Perna - uma história real e chocante. O espetáculo Ópera é uma outra forma de homenagem que toma como ponto de partida o trabalho revolucionário do grupo Vivencial Diversione, do qual participava o Pernalonga . Em breve, será lançado o filme TATUAGEM a partir do trabalho deste grupo.


Na sua estrutura entre cada quadro os atores se travestem e dublam grandes divas da música mundial.

IMPERDÍVEL!

Emanuel e eu estaremos lá no dia 04 de janeiro, sexta-feira. Apareça lá você também.Vamos prestigiar o que é bom logo no início desse promissor 2013.




Ópera
Teatro Glauce Rocha
Av. Rio Branco, 179 – CentroTel.: (21) 2220-0259Quinta a domingo, às 19hEspetáculo não recomendado para menores de 18 anosEm cartaz até 20 de janeiro
Estreia dia 4 de janeiro

*******************

Veja o comentário de um dos integrantes do Visões Angu Coletivo - o querido Fábio Caio - sobre EM BUSCA DE MIM MESMO:


Acabo de ler seu livro e fiquei realmente comovido com sua trajetória! A Ninive ficou no Rio até o dia 20/12 e só depois do Natal, quando nos encontramos, é que pude ter nas mãos o exemplar do Em Busca de Mim Mesmo! Uma leitura estimulante para começar o ano com esse ímpeto de guerreiro que você é e transparece tão claramente por todo o livro. Não é fácil para nós a saída do armário, mas comparado ao seu processo o meu foi um mal estar passageiro e fugaz. 


Deixo aqui meu reconhecimento público ao Fábio Caio, à Nínive e demais integrantes do Visões Angu Coletivo que marcaram profundamente nossos corações no mesmo dia da Parada do Orgulho LGBT do Rio, pois foi nesse dia - saindo da Parada por volta das 18h - que fomos assistir o espetáculo Angu de Sangue. 

Veja mais sobre a experiência com o espetáculo anterior aqui.

Veja também essa dica de leiturahttp://migre.me/cHYzi

Comentários