Roberto Warken escreve sobre o Projeto de "Cura Gay" do Deputado João Campos


Roberto Warken - Mestre em Educação e Cultura


Julgo séria a situação do Movimento LGBT Brasileiro quando a Câmara Federal passa a querer delegar a psicólogos a possibilidade
de terapias de reconversão.

Independentemente dos discursos sobre o Movimento em si, precisamos uma ação - individual ou em grupo - a partir das diversas localidades do Brasil.

Trecho de um dos links abaixo os quais convido você a visitá-los:

Roberto Lucena (PV) deu ontem parecer favorável ao controvertido projeto da ‘cura gay’ na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara.

Apresentado pelo goiano João Campos, a proposta tenta regulamentar o tratamento psicológico para a “cura do homossexualismo”


De onde saiu essa ideia?



Apoie  o Manifesto do Conselho Federal de Psicologia em http://site.cfp.org.br/manifesto-2/

As consequências danosas as pessoas que passam por essas praticas podem induzir a diversos problemas.

- Pseudo sucesso
- Depressão
- Tendências suicídas 
- Estresse
- Trauma
- Inadaptabilidade
- Insegurança
- Baixa Auto-Estima

O Brasil é conhecido como o país mais homofóbico do mundo de acordo com levantamento do Grupo Gay da Bahia.



TEXTOS DE SUPORTE
http://homofobiamata.wordpress.com/ - (contem imagens fortes)

Califórnia proíbe terapia de 'conversão' para jovens gays

Atualizado em  1 de outubro, 2012 - 06:04 (Brasília) 09:04 GMT
Medida foi saudada por militantes gays na Califórnia

O governador do Estado americano da Califórnia, Jerry Brown, assinou uma lei que proíbe uma terapia polêmica que tenta 'converter' jovens gays em heterossexuais.

Com a medida, a Califórnia passa a ser o primeiro Estado americano a banir a prática que, segundo críticos, oferece danos psicológicos aos menores que são submetidos a ela.


A medida foi saudada por defensores dos direitos de gays que afirmam que as chamadas ''terapias reparadoras'' não possuem base científica e põem jovens em risco.

Em uma mensagem no Twitter, o governador californiano, Jerry Brown, disse apoiar a lei porque ela proíbe '''terapias' não-científicas que levaram jovens à depressão e ao suicídio''.

A lei proíbe menores de 18 anos de passar por terapias de mudança de orientação sexual. 

O projeto também contou com a aprovação da Associação Psicológica da Califórnia.

Exemplo californiano

O senador estadual Ted Lieu, um democrata, afirmou que a lei, que entra em vigor a partir de janeiro de 2013, serve como um tributo à memória de um jovem que cometeu suicídio após ter se submetido ao tratamento.

O senador conclamou outros Estados americanos a seguir o exemplo californiano. Lieu afirmou que, mesmo o psiquiatra que introduziu o tratamento, Robert Spitzer, se arrependeu e renunciou à prática.

''Se alguém tem quaisquer dúvidas de que tais terapias são malignas, eles precisam apenas escutar relatos de vítimas que passaram por essas práticas abusivas'', afirmou Lieu.

Grupos religiosos e políticos republicanos de direita argumentam que banir a terapia infringe os direitos de pais de oferecer auxílio psicológico a crianças que estão passando por confusões quanto à sua preferência sexual.

Terminando, reitero - apoie  o Manifesto do Conselho Federal de Psicologia em http://site.cfp.org.br/manifesto-2/

Roberto Warken

-----------------------------------------
COMENTÁRIO DESTE BLOGUEIRO

Veja essa oportunidade para ler "Em Busca de Mim Mesmo" - mais que um relato, uma volta sobre si mesmo. ;)  AQUI.

Comentários