FORA DO ARMÁRIO: RETROSPECTIVA 2012



Cada ano traz suas lutas e vitórias, ganhos e perdas, tristezas e alegrias. Esse ano tivemos muitas de ambas. 

Assista o vídeo e relembre algumas.




Comece a ler Em Busca de Mim Mesmo no seu Kindle em menos de um minuto


Em Busca de Mim Mesmo
 
Zoom
Ver a imagem ampliada (com zoom)
 

Em Busca de Mim Mesmo [Edição Kindle]

Sergio Viula  

Preço digital sugerido:R$ 10,40 O que é isso? 
Preço Kindle:R$ 10,40 inclui envio sem fio internacional gratuito via Amazon Whispernet











Se você estiver fora do Brasil, compre na loja Amazon do seu país de residência. Veja abaixo:








CA: https://www.amazon.ca/dp/B00ATT2VRM

************
Veja também essa dica: http://migre.me/cHYzi

***********

Comentários

  1. gente coisa é outra fina
    sucesso pra você sempre, meu amigo
    adorei o vídeo, você fica muito espontâneo. parabéns!

    Lampião ainda é um bandido cultuado no interior do Nordeste, coisas de Brasil; Parabéns a Alagoas; Ateus tem o direito de não acreditar vivemos num estado que supõe-se ser laico; Avon sempre prezou pela sua imagem, tinha mais era que tirar mesmo; Você sempre nos eventos e todo viajado; Campanhas de acesso a testes para várias doenças são sempre bem vindas e precisam espalhar-se em todo o mundo; Pelo menos num presídio lembraram das travestis; Em breve você também estará nesta revista sendo lembrado e parabenizado; tem muito gay na política mas vivem todos no armário, uma pena, ainda bem que alguns mostraram a cara e se reelegeram; E rumo aos dois milhões de acesso!
    Feliz Ano Novo, parabéns por todas as conquistas e que venham muito mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário lindo e bem pontuado! Obrigado pelos votos para 2013 e pelo apoio. Desejo tudo de bom que houver nessa vida - como dizia nosso eterno Cazuza. Beijão, amigo.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.