O Apelo de Luth Laporta: Eleições e Fundamentalismo

Luth Laporta- 
Ativista da Cia. Revolucionária Triângulo Rosa - Brasília




A quem for votar, um apelo.

A cada dia que passa, a cada vez que vejo o avanço d@s teocratas e o retrocesso do pouco que conquistamos, fico mais pessimista. As eleições estão aí e a massa das pessoas sexodiversas não dá a mínima. Vejam bem, eu sei que não se pode ter um discurso individualista que culpabilize as pessoas indiferentes à política. A Educação pública é precária, a mídia e a lógica do mercado inerente ao capitalismo são alienadoras.


Mas para quem vê o ascenso da direita fascista, do fundamentalismo, da teocracia, a apatia d@s aprimid@s é revoltante. Tod@s nós, sexodivers@s, sabemos que o Brasil é por demais homofóbico. A maioria de nós (e eu me incluo nela) já sofreu agressão verbal e física na escola, em casa, na rua, só por ser sexodivers@. Ainda assim, a maioria é apática ou cooptada por este governo demagogo, corrupto, omisso, homofóbico!


Isso acontece porque as discriminações por orientação sexual e identidade de gênero já estão naturalizadas. Nós apanhamos, somos xingad@s, discriminad@s e inferiorizad@s cotidianamente. Será que já nos consideramos tão pseudo-human@s para não lutarmos pela nossa sobrevivência? Será que somos tão cooptad@s pela lógica individualista do capitalismo que nem nos preocupamos em lutar por essas pessoas que morrem todos os dias no Brasil? Só no primeiro semestre desse ano, pelos dados antigos que pesquisei, sei que o GGB contabilizou mais de 165 assassinatos motivados por homofobia, um aumento de 28% em relação ao primeiro semestre de 2011.
Sabe o que eu acho? Que quando, finalmente, tudo estiver perdido e formos uma teocracia, aí sim @s sexodivers@s brasileir@s lutarão. Mas também, devo confessar, as vezes meu pessimismo faz achar que a maioria voltará pro armário e ficará calada!


Não permita que a teocracia se consolide! Ainda há tempo! Eu moro em Brasília, onde não há eleições municipais, mas estou tremendo as bases vendo o que se passa fora daqui, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. Não votem em quem faz parte de partidos que tenham fundamentalistas! Dê valor ao seu voto, PESQUISE ANTES DE VOTAR! Não vote em quem faz conchavo com lideranças evangélicas! Não vote em Russomano, não vote em Eduardo Paes! Páre, pense, LUTE! Depois das eleições, independente do resultado, MILITE e incite azamiga a militarem também! Nada impede de bater o cabelo na balada (eu também AMO), mas se não nos revoltarmos, se não nos tornarmos COMBATIV@S, se depender d@s fundamentalistas, em pouco tempo não teremos mais cabeça pra bater os cabelos.

Primeiramente postado por Luth Laporta no Facebook.

Comentários