Pular para o conteúdo principal

Morreu o opositor do casamento igualitário que tentou fazer um protesto com fogo nos EUA



Michael Leisner, contrário ao casamento gay, morreu de um ataque do coração no sábado, 11 de agosto
Michael Leisner, contrário ao casamento gay que chamou a atenção nacional depois que seu video de protesto contra a General Mills fracassou e se tornou viral, morreu, segundo informações da polícia.
O pastor da igreja de Leisner em Minnesota disse ao  Smoking Gun que o homem de 65 anos de idade morreu de um ataque do coração em seu carro no sábado "enquanto esperava em seu carro que duas de suas filhas terminassem de jogar tênis."
O protesto de Leisner, que tinha a General Mills como alvo por seu apoio ao casamento igualitário, foi psotado no YouTube em 5 de agosto. Ele mostra o homem acendendo uma tijela de Honey Nut Cheerios (ceral com nozes e mel) no gramado do escritório central da corporação em Golden Valley, Minnesota. Porém, o fogo saiu de controle, e ele foi obrigado a abortar o protesto e fugir de cena.
Originalmente denunciado pelo blogueiro do Good as You, Jeremy Hooper, o vídeo causou sensação na blogosfera LGBT e desencadeou uma investigação  criminal  pela polícia. A morte de Leisner põe um abruto fim àquela investigação.
(via Fark)
Texto original em inglês traduzido por Sergio Viula para o blog Fora do Armário.

ASSINE ESSA PETIÇÃO EM FAVOR DO CASAMENTO IGUALITÁRIO: http://www.avaaz.org/po/petition/Legalizem_o_casamento_igualitario/



Comentários