Pular para o conteúdo principal

Fundador da Playboy defende o casamento igualitário



Hugh Hefner é mais uma das celebridades de alto escalão que falam em favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
O fundador da revista Playboy, aos 86 anos, diz que a luta pelo casamento igualitário é "uma luta por todos os nossos direitos" num editorial publicado na revista de setembro, de acordo com o Politico.
“Hoje, em cada instância de direitos sexuais sob ataque, você encontrará legislação sendo empurrada por pessoas que praticam discriminação disfarçada de liberdade religiosa," escreve Hefner. "O alvo deles é desumanizar a sexualidade de todos e reduzir-nos ao uso do sexo com o propósito de perpetuar nossas espécies. Com esse fim, eles criminalizarão toda a sua vida sexual."
Depois de notar que os conservadores "atacam os direitos dos gays, seja por negar-lhes o direito de casar ou, como no Kansas, de fortalecer senhorios, donos de negócios e empregadores a discriminar gays com base em religião,” acrescenta Hefner, "Essa é uma nação religiosa, mas também uma nação secualr... Ninguém deveria subjugar a liberdade religiosa deles, e ninguém deveria ter suas liberdades pessoais infringidas. Essa é a Améria e temos que proteger os direitos de todos os americanos.”
Essa não é a primeira vez que Hefner falou em favor dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT). O documentário de 2009, "Hugh Hefner: Playboy, Activist and Rebel" relata detalhadamente a então controversa decisão do empresário em 1995 de publicar "The Crooked Man," uma estória de ficção científica por Charles Beaumont.
Depois que uma série de leitores responderam raivosamente à estória de Beaumont, que descrevia detalhadamente uma sociedade na qual a homossexualidade era a norma e os heterossexuais perseguidos, Hefner escreveu: ""Se é errado perseguir heterosseuxais numa sociedade homossexual, então inverso está errado também," de acordo com o The Advocate.
Sobre a publicação do documentário de 2009,  Hefner disse ao Daily Beast: "A ideia de que o conceito de casamento será subvertido pelo casamento entre pessoas do mesmo sexo é ridículo. Os Heterossexuais não tem se saído tão bem por conta própria."

Traduzido de The Huffington Post por Sergio Viula para o blog Fora do Armário.


ASSINE A PETIÇÃO PELO CASAMENTO IGUALITÁRIO . É RÁPIDO E SIMPLES: 





Comentários

  1. Muito bom! É bom que a sociedade perceba a seriedade e a noção de cidadania que tem o fundador de uma revista de destaque, muitas vezes, taxada injustamente - por religiosos fundamentalistas, e pessoas cheias de tabus e preconceitos - de promotora de safadeza. Com certeza, esta visão inclusiva, de direitos iguais, faz parte da equipe que produz a revista. É impressionante como algumas pessoas têm a coragem de se dar ao trabalho de falar besteiras, fazer discursos carregados de preconceito, como se fosse o certo a ser feito. A sociedade precisa rever os seus conceitos para viver em harmonia, respeitando as diferenças e celebrando-as. Afinal, é isso que torna o mundo mais belo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.