Crime hediondo em Tapes-RS gera comoção e mobilização social


André Alves, de 22 anos, foi assassinado no último dia 28. Neste 05 de agosto, domingo, familiares, amigos e colegas da escola de samba Apito de Ouro fizeram passeata em protesto à morte brutal e ainda sem explicações. Diante dos indícios de motivação homofóbica no crime, movimentos de direitos LGBTs e a coordenadoria estadual de Diversidade Sexual participaram do ato.

Veja mais informações e fotos tocantes do protesto aqui: Sul 21


Foto: Rodrigo Bragaglia

Comentários