Lançado o recurso "Melhor Prática" para famílias mórmons com filhos LGBT



Lançado o recurso "Melhor Prática" para famílias mórmons com filhos LGBT 


O recurso tem por objetivo a prevenção de suicídio na Igreja Mórmon

Por mais de uma década, o Family Acceptance Project (FAP - Projeto Aceitação Familiar) na SF State University tem estudado o impacto da aceitação e da rejeição familiar sobre a saúde, a saúde mental e o bem-estar de jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) e desenvolvido ferramentas baseadas em pesquisas, recursos  intervenções para ajudar famílias da diversidade a apoiar seus filhos LGBT.  Isso inclui desenvolver culturalmente e linguisticamente recursos apropriados para prevenir resultados negativos como o suicídio, HIV e o abandono às ruas e promover o bem-estar, ajudando a famílias a equilibram valores e crenças profundamente arraigados com o amor por seus filhos LGBT. O primeiro desses recursos educativos para famílias de fé -  Supportive Families, Healthy Children: Helping Latter-day Saint Families with Lesbian, Gay, Bisexual & Transgender Children - foi publicado hoje pelo Family Acceptance Project.



A recém-lançada versão do Supportive Families, Healthy Children for Latter-Day Saint Families está disponível para download no site da FAP: familyproject.sfsu.edu/publications  Você também pode contatar fap@sfsu.edu.com para obter versões impressas e informação sobre aconselhamento e treinamento (em inglês).

Informações sobre as melhores práticas para prevenção ao suicídio aqui (em inglês):  AQUI.

Sobre o Projeto de Aceitação Familiar (Family Acceptance Project):

O Projeto de Aceitação Familiar é pesquisa, intervenção, educação e iniciativa de políticas designadas a:


1) Aprimorar a saúde, saúde mental e bem estar de filhos adolescentes LGBT;

2) fortalecer e ajudar etnicamente e religiosamente famílias da diversidade a apoiar seus filhos LGBT;

3) ajudar jovens LGBT a permanecer em seus lares e evitar o abandono nas ruas e a necessidade de custódia em casas de apoio e do sistema penal juvenil; 

4) informar políticas públicas e políticas familiares;

5) desenvolver uma novo modelo de família, bem-estar, prevenção e cuidado para promover o bem-estar e diminuir o risco para jovens LGBT. Para maiores informações, visite: familyproject.sfsu.edu
                                      
CONTATO: Cathy Renna (escrever em inglês)
cathy@rennacommunications.com

Para a versão original no site PRWeb, visite: www.prweb.com/releases/prweb2012/6/prweb9607411.htm




Read more: http://www.sfgate.com/cgi-bin/article.cgi?f=/g/a/2012/06/16/prweb9607411.DTL&ao=2#ixzz1y0oa9fUu

----------------------
EM BUSCA DE MIM MESMO

Surpreenda-se!


AQUI: 

Comentários