Bispos Anglicanos da Inglaterra apoiam casamento igualitário


Religiosos anglicanos se pronunciaram a favor do matrimonio civil homossexual


Tradução por Sergio Viula para o blog Fora do Armário

Um grupo de veteranos religiosos anglicanos afirmaram que a Igreja Anglicana "não tem nada a temer" diante da perspectiva do matrimônio civil homossexual, em uma carta divulgada pelo jornal britânico The Times.

Figuras proeminentes dessa instituição religiosa, entre elas cinco ex-bispos anglicanos, defenderam que o enlace gay deveria ser visto como um motivo para "alegria" em lugar de condenação e destacaram que os líderes eclesiásticos geralmente dão uma impressão falsa sobre o sentimento popular a respeito dos matrimônios homossexuais.

"Afirmações recentes e passadas feitas por líderes religiosos poderiam ter dado a impressão errônea de que a Igreja se opõe universalmente à extensão dos matrimônios civis aos casais do mesmo sexo", declararam os religiosos na missiva.

Assinalaram também que "a Igreja (anglicana) não tem nada que temer quanto a matrimônio civil entre casais do mesmo sexo" e acrescentaram que "dependerá das igrejas decidir como responder de maneira pastoral".

Um dos religiosos que assinam a carta é Geoffrey John, o Deão de St Albans (N.T.: desde de 2004), homossexual assumido e cuja nomeação como bispo de Reading em 2003 havia sido retirada por causa de protestos anglicanos conservadores; além dos deões de Portsmoutch, Norwich e Guildford, entre outros.

Esse grupo relembrou que o matrimônio "é uma instituição sólida que se adaptou ao longo dos séculos" e que "se afastou da poligamia do Velho Testamento e da preocupação com o status social e com a propriedade nos tempos anteriores ao Iluminismo. 


Fonte: AQUI





Leia EM BUSCA DE MIM MESMO. 

Veja AQUI.



Comentários