Amigo heterossexual preso por defender amiga lésbica na Rússia

Sergey Kondrashov foi preso por desafiar a lei contra a "propaganda gay" em São Petersburgo. O crime?Levantar um cartaz dizendo que uma amiga, lésbica, merece os mesmos direitos do que Sergey e a sua esposa.



ASSINE A PETIÇÃO: www.allout.org/pt/standwithsergey


Car@ amig@,

Eu acabei de assinar uma petição para o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, pedindo que ele condene a lei anti-gay que acabou de passar em São Petersburgo, e evitando que ela seja adotada em nível federal. Esta lei terrí­vel tornaria um crime para qualquer um ler, escrever um blog ou declarar qualquer tipo de apoio aos direitos gays na Rússia. E já está sendo usada para censurar a liberdade da expressÃo.

Sergey Kondrashov, um advogado heterossexual e casado, foi preso em São Petersburgo por segurar um cartaz que dizia: "Uma querida amiga é lésbica. A minha esposa e eu a amamos e a respeitamos, e a sua família é exatamente igual a nossa ".

No dia16 de abril Sergey vai a tribunal, onde ele poderá ser multado e até mesmo jogado na cadeia por 15 dias. Sergey está lutando, e agora vamos assegurar que o primeiro-ministro russo saiba que o mundo inteiro está assistindo e de mãos dadas com Sergey nesta luta.

Por favor assine esta carta, pedindo para o primeiro-ministro russo denunciar esta lei absurda anti gay que fez Sergey um criminoso - e que Putin fará de tudo ao seu alcance para impedir a ampliação desta lei inconstitucional para todo o paí­s.

Assine a petição aqui: www.allout.org/pt/standwithsergey





Leia EM BUSCA DE MIM MESMO.

Veja AQUI.



Comentários