Teatro Gláucio Gil (Copacabana) - sábado, 31 de março




Teatro Gláucio Gil - ao lado do Metrô da rua Cardeal Arcoverde


A Companhia de Teatro Íntimo apresenta a adaptação do clássico de Oscar Wilde, O Retrato de Dorian Gray, a montagem Dorian.


A peça mostra a trajetória de Dorian Gray, um belo jovem, rico e sedutor, que tem seu retrato pintado pelo artista Basil Hallward, um idealista, que por sua vez apresenta Dorian a um amigo, Lord Henry Wotton, aristocrata devasso e hedonista que se torna uma espécie de mentor para o jovem. 


O teatro Gláucio Gil fica na Praça Cardeal Arcoverde (perto do Metrô)


ESTE SÁBADO, 31 de março, 21h, haverá mesa redonda sobre HOMOCULTURA sob diversas perspectivas diferentes. 


Claudio Nascimento é o coordenador e moderador da mesa. Fui convidado para participar da mesa... ^^ Mas, fiquem tranquilos, porque estarei acompanhado de gente muito boa para contrabalançar... kkkk Confiram.


---------------------------------------------------------------------------
MAIS INFORMAÇÕES DO MIX BRASIL

Com o objetivo de incentivar a ida da população LGBT ao teatro, o Governo do Rio de Janeiro, através do programa Rio Sem Homofobia, firmou uma parceria com a Cia. de Teatro Íntimo, que está em cartaz com o espetáculo “Dorian”, no teatro Gláucio Gill, em Copacabana.

Somente neste sábado, dia 31 de março, todos os que pronunciarem o nome do programa “Rio Sem Homofobia” na bilheteria do teatro levam um desconto de 50% no valor inteiro do ingresso, que custa R$ 30. (Nota deste blogueiro: com desconto, cai para 15 reais). Na mesma noite, logo após a apresentação da peça, rola um debate com o tema “Diversidades: de Oscar Wilde à cena gay contemporânea do Rio”.

Participam da discussão o diretor Renato Farias, o escritor Sergio Viula, o estilista Almir França e o Superintendente de Direitos Individuais Coletivos e Difusos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Cláudio Nascimento.

“Não poderíamos deixar de participar deste projeto que traz como autor Oscar Wilde, dono da célebre frase ‘O amor que não ousa dizer o nome’. A literatura, o teatro e as artes em geral são outros tipos de linguagens que podem trazer um discurso de resistência, de combate à discriminação e promoção da cidadania de muitas minorias sociais, como a LGBT. É por isso que apoiamos e nos comprometemos a debater o tema”, destaca o também coordenador do Programa Estadual Rio Sem homofobia, Cláudio Nascimento.

O espetáculo
Para celebrar os sete anos de existência, a Cia de Teatro Íntimo leva aos palcos uma adaptação do clássico de Oscar Wilde, “O Retrato de Dorian Gray”. Em cena, a trajetória de Dorian Gray, um jovem belo, rico e sedutor, que tem seu retrato pintado pelo artista Basil Hallward, um idealista. Diante da proximidade criada pelos dois, Basil apresenta Dorian a um amigo, Lord Henry Wotton, aristocrata devasso e hedonista que se torna uma espécie de mentor para o moço.

A partir deste encontro, Dorian Gray passa a valorizar acima de tudo sua beleza e juventude, e a buscar o prazer a qualquer custo. Ele deseja que as marcas do tempo não apareçam em seu corpo, mas sim no fascinante retrato pintado por Basil, até ser atendido.

Mas o retrato não guarda apenas a passagem dos anos para Dorian. Ele também revela a verdadeira face do personagem, incluindo a sua decadência moral e as maldades que pratica.

A produção é dirigida por Renato Farias, e conta com os atores Augusto Garcia, Thiago Mendonça, Manuela do Monte, Rafael Sieg, Paulo Saldanha, Letícia Cannavale, Caetano O'Maihlan e Fernanda Boechat no elenco.

Espetáculo “Dorian”
Local: Teatro Gláucio Gill - Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana
Sábado, dia 31 de março, às 21h
Ingressos: R$ 30 (R$ 15 para o “Rio Sem Homofobia”)
Informações: (21) 2332-7904

Comentários

  1. Esse teatro é bem agradável. Irei conferir.

    ResponderExcluir
  2. Joia, Raphael! Será um prazer ter você lá. Até sábado, então.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. A mesa redonda é antes ou depois da peça? O evento é aberto ou apenas para convidados?
    =)

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ramon, tudo bem? Como o comentário veio duplicado, eu exclui um e deixei o outro, porque eram idênticos. :) No problem.

    A mesa redonda é depois do espetáculo. E tanto a peça como a mesa redonda estarão abertos a todos os interessados. Estou copiando para o final do post anterior, um texto do MixBrasil sobre o evento com mais detalhes sobre preço, etc. TEM DESCONTO especial neste sábado. Veja lá.

    Abração,
    Sergio Viula

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.