Sul-africanos que assassinaram lésbica pegam 18 anos de cadeia



Sul-africanos são condenados a 18 anos de prisão por morte de lésbica

Publicado pela BBC Brasil em  1 de fevereiro, 2012 - 15:45 (Brasília) 17:45 GMT

Quatro sul-africanos foram condenados a 18 anos de prisão pelo assassinato de uma lésbica de 19 anos. Em 2006, a jovem Zoliswa Nkonyana foi apedrejada e esfaqueada até a morte perto de sua casa na Cidade de Cabo, na África do Sul.
Ao proferir a sentença, o juiz, Raadiyah Wathen, afirmou que a longa pena é um alerta de que violência baseada em discriminação por orientação sexual não será tolerada no país.

O tribunal entendeu que os homens assassinaram a jovem porque ela vivia abertamente como homossexual. A setença foi comemorada por ativistas do lado de fora do tribunal.


---------------

COMENTÁRIO DESTE BLOGUEIRO

PresidentAAA Dilma, por que a senhora não faz um curso intensivo sobre direitos civis da população LGBT e criminalização da homofobia na África do Sul? Quem sabe assim nosso subdesenvolvido Legislativo - no que diz respeito ao tema - funcionaria melhor? Afinal, se a senhora mesma não fizesse vista grossa para os disparates da Câmara e do Senado, esse assunto já estaria resolvido. 

A senhora mesma, PresidentAAA, poderia aprender muito com os herdeiros de Nelson Mandela, e parar de vetar iniciativas governamentais que promovam a igualdade, como a senhora fez com o Projeto Escola sem Homofobia (2011) e - esta semana - com a vinheta que recomendava o uso da camisinha entre homens gays, às vésperas do carnaval 2012.

Brasileiros e brasileiras LGBT e heterossexuais conscientes, não perdoem a conivência governamental com o assassinato motivado por homofobia, o bullying homofóbico nas escolas, a discriminação de LGBT em TV aberta - promovida por alguns políticos e por religiosos fundamentalistas -, os vetos a projetos de lei que promovam a cidadania LGBT, etc. Não esqueçam dessas coisas e das pessoas que apoiam tais atrocidades positivamente ou que simplesmente se calam diante delas. As urnas em breve estarão abertas aos seus votos. Escolham candidatos que não temam promover a igualdade de todos os brasileiros, sem qualquer exceção.

NOVE ANOS de mandato presidencial nas mãos do PT (Lula e Dilma - 2012) e os crimes de homofobia continuam sem legislação que viabilize a devida punição dos culpados. Muitos crimes teriam sido evitados se os criminosos tivessem certeza de que iriam para a cada por muitos anos. Cada novo crime entra na conta da omissão governamental.

Comentários