Pré-Candidaturas de LGBT

Pré-candidaturas de gays, lésbicas, travestis e transexuais já são 76


Almir França, Carlos Minc, Sharlene Rosa e Ingrid Gerolimich



Maceió é a cidade com maior número de representantes do movimento nas eleições 2012

BRASÍLIA - Levantamento feito pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (ABGLT) já contabiliza uma relação de 76 pré-candidatos às eleições de outubro. A maioria é gay, com 43 representantes. Em seguida, aparecem na lista 17 travestis, 8 lésbicas, 6 transsexuais, um bissexual e uma drag queen. De acordo com a entidade, há integrantes do movimento em 21 unidades da federação dispostos a pleitear cargos públicos neste ano. A maioria está em Minas Gerais, com 12 pré-candidatos.

Há 11 em São Paulo e sete em Alagoas. A cidade onde há maior número de pré-candidatos é Maceió, com sete representantes.

A associação também listou os partidos que representam os pré-candidatos. São 13 legendas no total. A mais citada é o PT, com 20 políticos. O PSB tem 12, o PCdoB tem oito e o PSDB e o PV têm seis cada um. Há seis pré-candidatos cujo partido não foi listado. No levantamento, não há indicação do cargo para o qual cada político pretende se candidatar.

Neste ano, os brasileiros escolherão seus prefeitos e vereadores. Os partidos políticos têm até 5 de julho para requerer o registro de seus candidatos na Justiça Eleitoral. As eleições estão marcadas para o dia 7 de outubro.

RIO DE JANEIRO - Na capital a pré-candidata dos LGBT é Ingrid Gerolimich PT. Ingrid conta com o apoio do Secretário de Ambiente Carlos Minc, fiel defensor dos direitos da comunidade LGBT, que em sua atuação como Deputado Estadual possui inúmeras leis que garantem direitos e cidadania a comunidade LGBT do Estado. Um dos apoios a candidatura de Ingrid vem do estilista e ativista LGBT, Almir França (51), que vem atuando pontualmente para a eleição de uma representante do segmento na Câmara de Vereadores.

Em Duque de Caxias, a representante dos LGBT é Sharlene Rosa, travesti e Presidenta de Honra do GPD (Grupo Pluralidade e Diversidade) que realiza anualmente a Parada do Orgulho LGBT, segundo pesquisas de intenções de votos seu nome figura entre os primeiros colocados em intenção de votos no pleito de outubro próximo. Sharlene é candidata pelo PT e também conta com o apoio de Carlos Minc.

Fonte: Site do Paulo Brandão (enviado por e-mail)

Comentários