RJ: Parada Gay, união homoafetiva será grátis


RJ: Parada Gay, união homoafetiva será grátis

Defensoria Pública participa do evento pela primeira vez e vai emitir ofícios de isenção de pagamento para união estável entre casais
O tema deste ano é: Somos todos iguais perante a paz, toda forma de violência deve ser crime.  / LEONARDO SOARES/ AEO tema deste ano é: Somos todos iguais perante a paz, toda forma de violência deve ser crime.LEONARDO SOARES/ AE

A Parada do Orgulho LGBT, que acontece  neste domingo, às 15h, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro,  terá uma novidade em sua 16ª edição. Pela primeira vez, a Defensoria Pública do Rio vai participar do evento e, além de prestar orientação jurídica, irá emitir ofícios de graça para união estável homoafetiva de casais gays. Em cartórios da capital carioca, o procedimento costuma custar entre R$ 180 e R$ 250.

Uma equipe com três defensores públicos vai prestar atendimento, das 9h às 15h, em um ônibus que ficará estacionado na avenida Atlântica, perto da esquina com a rua Sá Ferreira, em frente ao hotel Miramar.

“Além do ofício de isenção para os casais poderem obter a escritura gratuita no cartório, também vamos emitir ação de reconhecimento de solução e partilha de bens. O documento é necessário para quem já viveu em união estável, separou e precisa provar ao juiz”, explica a coordenadora do Nudiversis (Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos), Luciana da Mota Gomes de Souza.

Segundo Luciana, a ideia de levar o ônibus para prestar atendimento ao público surgiu junto com a ONG Arco-Íris (organizadora da parada). “Vamos levar o trabalho do núcleo para a parada”, diz a coordenadora.

A Parada do Orgulho
LGBT, considerada o terceiro maior evento oficial da cidade pela RioTur, tem como tema este ano “Somos todos iguais perante a paz, toda forma de violência deve ser crime!”. A concentração do evento está marcada para as 13h, no Posto 6.

Comentários