Depois de espera de três anos, casal gay de SP adota 5 irmãos

Depois de espera de três anos, casal gay de SP adota 5 irmãos

02/07/2011 | 18h53min

Após três anos, um casal gay de Itapetininga (SP) conseguiu adotar cinco irmãos com idades entre 4 e 10 anos. As crianças viviam num abrigo público de Sumidouro (RJ). São duas meninas, com 4 e 10 anos, e três meninos, com 7, 8 e 9 anos. O casal Leandro e Miguel - os sobrenomes não são divulgados para preservar a identidade das crianças - está junto há mais de dez anos.


Desde que decidiu adotar, o casal contatava conselhos tutelares de várias cidades. Assim chegou aos irmãos de Sumidouro. Quando houve o primeiro contato, há três anos, a quinta criança ainda não estava no abrigo.


A diretora do Departamento de Proteção à Criança e ao Adolescente do município, Gilniceia Ramos, conta que os pais biológicos são vivos, mas sofrem de dependência química. Os três filhos mais velhos foram encaminhados ao abrigo em 2002. "Fizemos quatro tentativas de reinserção na família, sem sucesso."


Além da vulnerabilidade social, as crianças sofriam risco de violência física. Nas últimas duas vezes, os menores retornaram ao abrigo com os de irmãos mais novos. O quarto filho, por exemplo, foi internado com 7 meses.


O processo de adoção correu em Sumidouro. A justiça local trocou informações com a de Itapetininga para avaliar se o casal tinha condições de manter as crianças. Leandro e Miguel foram considerados aptos. Na audiência final, eles ficaram frente a frente com os pais biológicos, que abriram mão da guarda das crianças. No novo lar, os irmãos recebem acompanhamento psicológico e ganharam documentos com os sobrenomes dos pais adotivos.

Pela lei brasileira, o estado civil e a preferência sexual não são relevantes para autorizar ou não a adoção.

Agência Estado 


O casal e seus cinco (agora oficialmente) filhos

----------------------------------------------------------------------------------
COMENTÁRIO DESTE BLOGUEIRO

Os amorosos casais heterossexuais na maioria esmagadora das vezes só querem bebês brancos, loiros e preferencialmente de olhos azuis. Cinco crianças? É a primeira vez que ouço de um casal que tenha adotado cinco irmãos ao mesmo tempo. E é um casal gay!!! 

Quem é que ia mesmo destruir a família brasileira?

Comentários