Carta de um leitor: quantas histórias assim devem existir Brasil afora!

Homens gays se manifestando contra teorias infundadas de reversão de orientação sexual




Oi Sérgio,

Seu livro foi realmente inspirador e enriquecedor!

Você teve uma trajetória corajosa e autêntica. Um exemplo de verdade.

Como você ex-evangélico, vivenciei processo semelhante na tentativa de abandonar a homossexualidade estimulado pelo MOSES e pessoas queridas da Igreja, continuam queridos, entretanto procurei ser FELIZ!!!

Sim Feliz, comigo mesmo, saí do armário após 4 anos de igreja 1996-2000, assumi para a família, para os amigos... foi muito legal.

Mas nesse meio tempo sofri com vários dilemas, lembro de ter sofrido bullying no segundo grau (1999), não importava se eu andava com a bíblia debaixo do braço... Era fofoca para todo lado. E não me sentia em lugar nenhum... nem ex-gay, nem gay...

O pior de tudo era não ter carinho, beijo, abraço (não me permitir)... esse foi o ponto crucial para mim. Por que tinha que passar por isso tudo, lia o livro Operação do Erro, e também o livro Deixando o Homossexualismo. Cheguei até a ter depressão, me achava uma aberração...

E via tantos gays por aí...se amando de verdade, estava virando um recalcado...

Mas tudo passou, nem tudo veio de forma equilibrada (descobrir o meio gay também foi outra aventura), mas hoje sou Feliz!

Algumas coisas ficaram de bom, acredito hoje numa espirtualidade bem menos radical, acredito no amor, na energia do ser humano. Senti muita falta de cultura também nesse meio tempo (e o seu livro explora de forma muito competente) e acho que ciência e espiritualidade um dia vão se conectar.

Fico feliz que pessoas como você dêem um brado de CHEGA!!!! Vou ser FELIZ com honra e nobreza!!!!!!!!!!!!!!!

Vivamos hoje, então, vivenciar o amor e a paixão é extraordinário! Vivamos nossa natureza para o bem, para ser feliz e fazer feliz!!!

Minha sincera admiração!!

Marcio Coelho

Ps.: Seu livro deve ser amplamente divulgado entre psicólogos e gays confusos (rsrsrs).

Comentários