AllOut convoca as Mães da Igualdade




Amigas e Amigos,

Um ano atrás, o assassinato do menino Alexandre Ivo, de apenas 14 anos, foi manchete no país inteiro, mostrando mais uma vez que a homofobia mata. "A luta é por respeito à vida, hoje homofobia mata, e o Alexandre Ivo retrata isso literalmente", disse sua mãe, Angélica Ivo¹. Mas quando a mídia cobre as centenas de mortes de brasileiros LGBT em ataques homofóbicos e transfóbicos², quantas vezes a gente ouve sobre a tristeza de seus pais?³ E para cada político nacional como Jair Bolsonaro, que disse “preferir ter um filho morto do que um filho gay” ⁴, por que a gente não está ouvindo mais as vozes dos pais que amam seus filhos gays e suas filhas lésbicas?

Nós precisamos lembrar aos políticos brasileiros que, seja ele gay ou heterossexual, o amor de uma mãe para seu filho é o valor familiar mais importante que existe. Se ganharemos igualdade total durante nossas vidas – ou aprovarmos uma lei que torne um crime discriminar os brasileiros LGBT por causa de quem eles amam – não podemos deixar os extremistas religiosos monopolizarem a linguagem dos “valores familiares” ⁵. Quem melhor para ter direito a esta linguagem do que as mães?

Enquanto o Congresso entra na fase final de debates sobre a Lei Anti-Homofobia⁶, a All Out está trabalhando em um ambicioso projeto que reúne e dá apoio para um grupo de “Mães da Igualdade” no Brasil, que irão dar suas vozes para ter certeza de que os opositores da igualdade LGBT não tenham a última palavra. Para começar este projeto, vamos criar um evento importante em Brasília para o Congresso e a mídia. Se você é uma “Mãe da Igualdade” em Brasília (ou conhece alguma), por favor, entre em contato com a gente logo pelo email abaixo.

Escreva diretamente para maes@allout.org

Valores familiares são sobre proteção às crianças LGBT – não importando quem elas são ou quem elas amem – de violência e assassinatos. E não há ninguém com mais poder para passar esta mensagen do que a mãe de uma pessoa LGBT. Você é mãe de uma lésbica, um gay, bissexual ou transgênero que esteja disposta a soltar a voz e contar ao Congresso e à mídia que os verdadeiros valores familiares são sobre proteger todas as famílias? Sua mãe é uma dessas pessoas? Ou a mãe de um grande amigo?

Por favor, ajude a gente a encontrar um grupo de “Mães da Igualdade” corajosas e desinibidas, em Brasília, que amem seus filhos e filhas LGBT e que estejam interessadas em participar de uma poderosa campanha de mídia para a igualdade LGBT como um valor familiar básico.


Entre em contato: maes@allout.org
Esperamos que você entre em contato logo. Muito obrigado. Tomara que você esteja aproveitando esta temporada de orgulho gay.

Tudo de bom e All Out:
Andre, Erika, Guillaume, Jeremy, Joseph, Prerna, Nita, Oli, Tile, Wesley e o resto do time da All Out.
www.allout.org/ptwww.allout.org/priscila

FONTES:
Alexandre Ivo, 1 ano: Confissões de uma mãe
www.gay.com.br/2011/06/20/alexandre-ivo-1-ano-confissoes-de-uma-mae/

Total de gays assassinados sobe 31% em 2010 no País
http://act.allout.org/go/116?akid=121.59886.sQuEcg&t=7
Campanha: BRASIL: Pare com a violência contra Brasileir@s LGBT!
http://act.allout.org/go/117?akid=121.59886.sQuEcg&t=10
Bolsonaro: "Prefiro filho morto em acidente a um homossexual"
http://act.allout.org/go/118?akid=121.59886.sQuEcg&t=13
Religiosos entregam 1 milhão de assinaturas contra projeto que criminaliza homofobia
http://act.allout.org/go/119?akid=121.59886.sQuEcg&t=15
Marta Suplicy afirma que as negociações sobre projeto contra homofobia estão bem avançadas 
http://act.allout.org/go/120?akid=121.59886.sQuEcg&t=17

"Não gosto dos meninos" - Video inspirado no projeto internacional "It Gets Better". 
http://act.allout.org/go/123?akid=121.59886.sQuEcg&t=19
A All Out está colocando em contato muita gente de cada canto do planeta e todas as identidades – lésbicas, gays heteros, transgêneros e tudo no meio e além – para construir um mundo em que cada um viva livremente e seja aceito pelo que é.
Nosso endereço é:
Purpose Foundation
224 Centre St, 6th Fl
New York, NY 10013
Copyright © 2011 AllOut.org, All rights reserved.

Comentários