Tem coisa mais gostosa?







--------------------------------------------------

Comentários

  1. Você me lembrou uma história com essas fotos. Uma vez, eu dei de presente para um amigo um livro importado cheio de fotos de modelos, só que um pouco mais, digamos, picantes.
    O detalhe é que meu amigo já é um pouco idoso, um pouco solitário, um pouco desprovido de beleza e que já estava no osso há muito tempo.
    Resultado: ele falou um monte. Disse que eu não sou amigo dele, que eu não tenho pena dele, como é que eu posso fazer isso com ele, que ele não tem mais idade para ficar vendo essas coisas, que eu quero que ele enfarte, que ele morra, etc. E eu e o namorado rindo muito no telefone com ele.
    Desse dia até hoje, já demos mais de vinte presentes desse teor para ele, entre livros, fitas VHS e DVDs.

    Abração e bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Que máximo, Kummitus!

    Se eu fosse o seu amigo, aproveitaria para me deleitar com o visual e alimentar a imaginação, mesmo sabendo que aquele conteúdo jamais viria a estar na minha cama. Para a imaginação e o prazer solitário (se não há outro jeito) não há limite! ;)

    Manda esse link para ele. hehehe

    Obrigado por compartilhar.

    Abração, querido!
    Sergio Viula

    ResponderExcluir
  3. Também teve uma vez que eu tive na casa dele.
    Levei um CD com umas 200 fotos de homens nus, seminus, transando, enfim, de tudo quanto era jeito. Isso na época em que internet era novidade, nem todo mundo tinha e era complicado ter um acervo erótico que não fosse copiado em VHS.
    Só que ele estava em casa com mais de dez outros amigos dele (eu não sabia, tá?), e todo mundo se juntou na frente do computador pra ver. Quase cometi um homicídio em massa, matando todo mundo do coração. E um deles teve crise forte de bronquite na hora.

    Eu assumo: eu não presto :)

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkk

    Só você, Kummitus! Causa mais que tsunami...

    Beijo,
    Sergio Viula

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.