Suspeitas de espancarem mulher transgêro podem ser acusadas de crime de ódio

Foto da agressão: Internet


27 de abril de2011


Promotores estão considerando possíveis acusações de crime de ódio contra as duas mulheres envolvidas no espancamento brutal da mulher transgênero Chrissy Lee Polis de 22 anos de idade num McDonald's da área de Baltimore-area. A polícia prendeu uma garota de 14 anos e uma de 18 anos acusadas de atacar Polis. A garota de 18 anos foi identificada como Teonna Monae Brown. O porta-voz da polícia do condado de Baltimore Tenente Robert McCullough disse que a polícia está trabalhando com o escritório de direito do estado para determinar se outras acusações poderiam ser incluídas. "Geralmente quando se trata de casos que envolvem orientação sexual, raça, religião, etnia de um ponto de vista investigativo, nós abordamos o caso da perspectiva da vítima," disse ele.


Fonte: CBS
Tradução: Sergio Viula para o blog Fora do Armário

Comentários

  1. Por favor!!! A pena mais pesada e brutal para essas duas abjectas criaturas!

    Beijos, amigo

    ResponderExcluir
  2. ManDrag,

    Elas merecem mesmo!

    Abração,
    Sergio Viula

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.